Laboratórios

 

Laboratório de Pesquisas em Linguística Aplicada (LAPEL)

Coordenador: Prof. Dr. Expedito Eloísio Ximenes

O LAPEL conta com 9 (nove) computadores ligados à internet – adquiridos com recursos do Pró-Equipamentos-CAPES-Edital 11/2009 –, para uso dos professores, mestrandos, doutorandos e bolsistas de iniciação científica. Por meio desses computadores, os discentes do Programa podem acessar o Portal de Periódicos da CAPES. Há também disponível, no LAPEL, uma tela de projeção para uso de projetor multimídia.

 

Laboratório de Tradução Audiovisual (LATAV)

Coordenadora: Profa. Dra. Sílvia Malena Modesto Monteiro

O LATAV é equipado com 8 (oito) computadores e 1 (um) notebook. Dois computadores possuem placa de edição e de captura de vídeo, são ligados à internet e contam com o software Adobe CS4 adquirido por meio do projeto de pesquisa PROCAD-CAPES com o Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos da Faculdade de Letras da UFMG. Além disso, o LATAV possui duas impressoras, um televisor de 29 polegadas ligado à TV a cabo, dois aparelhos de videocassete, um aparelho de DVD, um conversor de PC para TV Pixelview, uma filmadora, uma mesa de controle para edição de áudio, um editor de vídeo externo, um projetor multimídia e um microfone multidirecional para gravação do áudio de audiodescrições.

 

Laboratório de Jogos e Ferramentas Digitais (LAJogos)

Coordenadora: Profa. Dra. Nukácia Meyre Silva Araújo

Nele são desenvolvidos projetos de pesquisa e são executadas ações nas áreas de desenvolvimento de serius game (jogos sérios), em realidade virtual e aumentada, e em e-learning, com destaque para pesquisas que envolvam linguagem e interação em interface com outras áreas com as quais a linguística aplicada pode fazer (e faz) interface, tal como a engenharia, a saúde, a economia criativa, por exemplo.

Serão instalados no LAJogos: 01 lousa digital 77’, 01 filmadora digital, 01 câmera multifuncional, 01 câmera fotográfica e 01 kit de iluminação completo. A lousa digital, que se encontra em processo de licitação, está sendo adquirido por meio do Edital CAPES Pró-Equipamentos Institucional 24/2012. O mesmo edital possibilitou a aquisição da filmadora digital que já se encontra à disposição do laboratório. Os demais equipamentos já contam com recursos assegurados pelo Edital CAPES Pró-Equipamentos Nº 11/2014.

 

Laboratório Experimental de Rastreamento Ocular (LERO)

Coordenadora: Profa. Dra. Antonia Dilamar Araújo

O equipamento de Rastreamento Ocular está instalado no LERO. O equipamento permite a realização de pesquisas experimentais em diversas áreas no âmbito do Programa, a saber: tradução audiovisual, avaliação de leitura, produção da fala, avaliação de jogos e material didáticos, desenvolvimento e aquisição da linguagem e estudos de nomeação. O equipamento foi adquirido com recursos do Edital CAPES Pró-Equipamentos Institucional Nº 25/2011, por meio do subprojeto “Equipamento para pesquisas experimentais com rastreamento ocular no Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada”.

 

Laboratório de Aquisição de Linguagem e Linguística Clínica (LALLC)

Coordenador: Prof. Dr. Wilson Júnior de Araújo Carvalho

Neste laboratório são desenvolvidas pesquisas sobre aquisição de linguagem e distúrbios de aquisição. Serão instalados no LALLC: um eletropalatógrafo e um aparelho de ultrassom (para a realização de pesquisa sobre produção de fala), além de uma câmera digital. Os equipamentos encontram-se em processo de licitação e serão adquiridos com recursos do Edital CAPES Pró-Equipamentos Institucional – Nº 27/2013. Para esse fim, o PosLA apresentou o subprojeto “Formação docente e Desenvolvimento da Linguagem”.

 

Laboratório de Estudos Críticos da Linguagem (LECLI)

Coordenadora: Profa. Dra. Claudiana Nogueira de Alencar

Este laboratório abriga pesquisadores do projeto de pesquisa “Pragmática Cultural”, cujas temáticas se compõem de: abordagens que dão conta de uma nova pragmática austiniana; estudos epistemológicos do hemisfério sul e do hemisfério norte no que tange perspectivas subalternas e eurocêntricas/imperialistas, respectivamente; contextos culturais em que se inserem tanto o uso da linguagem quanto sua agência; perspectivas wittgensteinianas sobre a gramática cultural em que usos de língua são formas de vida; e outras temáticas afins que daí se ramificam.

Cada um destes quatros novos laboratórios conta com dois computadores com acesso à INTERNET, mesas e armários para a guarda de documentos e dados de pesquisa. Pelo menos dois laboratórios contam com impressora em rede, além dos equipamentos individuais de cada laboratório.

 

Laboratório Letramentos, formação, Trabalho e ensino (LETRAFORTE)

Coordenadora: Profa. Dra. Cleudene de Oliveira Aragão

Vice-Coordenadora: Profa. Dra. Rozânia Maria Alves de Moraes

Criado em 2015, o LETRAFORTE é um laboratório misto, ou seja, com objetivos que poderão contemplar atividades não apenas no âmbito da pesquisa, mas também do ensino e da extensão. O LETRAFORTE trabalha com pesquisas envolvendo os múltiplos letramentos, ou seja, não somente as práticas sociais da leitura e da escrita, mas os letramentos vários, desde o letramento dito tradicional/convencional que envolve essas duas habilidades, mas também letramentos como o leitor, o literário, o digital, o multimodal, o profissional, dentre outros. O laboratório agrega ainda estudos inseridos na área de ensino e formação, sobretudo de línguas, e também pesquisas que investigam as atividades profissionais, destacando as atividades docentes. Evidentemente, todas essas áreas, uma vez pertencentes a um programa de Linguística Aplicada, tem como fio condutor a linguagem, elemento base, objeto de análise das pesquisas que ali se desenvolvem.

 

Laboratório de Pesquisas Sociolinguísticas do Ceará (LAPESCE)

Coordenadora: Profa. Dra. Aluiza Alves de Araújo

Criado em 2020, o laboratório tem por finalidade desenvolver pesquisas na área de Sociolinguística Variacionista, especialmente no que fiz respeito à criação de bancos de dados de língua falada.