Aberta I Semana de Cultura Húngara no Ceará

13 de setembro de 2016 - 20:01

 

Teve início na tarde desta segunda-feira (12), na Universidade Estadual do Ceará (UECE), a I Semana de Cultura Húngara no Ceará. O evento é uma homenagem ao aniversário de 60 anos da Revolução Húngara.

Promovido pela UECE e pela Universidade Eötvos Loránd (ELTE), a Semana prosseguirá até quinta-feira, dia 15, em diversos espaços de Fortaleza, como Theatro José de Alencar e Universidade Federal do Ceará (UFC).

 

alt

 

Para compor a mesa de abertura foram convidados o reitor e vice-reitor da UECE, professores Jackson Sampaio e Hidelbrando dos Santos Soares, respectivamente; a representante do governador e secretária adjunta de Cultura do Ceará, Maria Suzete Nunes; o cônsul honorário da República da Hungria, Janus Suzesi; o terceiro secretário, representante da Embaixada da Hungria, Péter Sutyinszki; e o diretor da Faculdade de Letras da Elte, o decano László Borhy, representando o reitor da Unievrsidade, professor Barna Mezey.

 

alt

 

A parceria entre as universidades, de acordo com o reitor Jackson Sampaio, foi possível devido intermediação do professor da UECE, István Major, que é “húngaro de nascimento e cearense de coração”.

“A Universidade Estadual do Ceará está muito feliz em receber esta comitiva húngara nessa nossa semana que discute política, história, arte, literatura, poesia e também as artes da tradução (…). Sejam bem-vindos ao nosso Ceará”, declarou o anfitrião.

László Borhy, por sua vez, agradeceu por terem a oportunidade de realizar o evento no Ceará, pois assim torna-se possível a divulgação da história, cultura e arte popular húngara.

Compartilhou com o público o desejo de trazer para a cidade cearense o ensino constante de suas culturas e, também, poder convidar mais alunos brasileiros para estudar na Universidade húngara, uma vez que já recebem brasileiros por meio do Programa Ciência sem Fronteiras, do Governo Federal.

 

alt

 

Diante da proveitosa parceria foram declaradas abertas as atividades do evento, dando continuidade com a palestra “A Hungria no século XX: A revolução húngara de 1956 e a argumentação anticomunista no discurso público no Brasil no tempo da formação da Política Externa Independente”, com a professora da Elte, Ágnes Judit Szilágyi.

A I Semana de Cultura Húngara no Ceará conta com apoio do Observatório das Nacionalidades e Escritório de Cooperação Internacional da UECE, com o Ministério de Economia e Relações Exteriores da Hungria, Universidade Federal do Ceará (UFC), Vila das Artes, Theatro José de Alencar, Secretaria de Cultura do Ceará, Instituto de Estudos, Pesquisas e Projetos (Iepro), Federação das Indústrias do Estado do Ceará e Câmara dos Dirigentes Lojistas de Fortaleza.

Saiba mais em http://www.uece.br/eventos/semanahungaranoceara/