Acesso Rápido

O que você precisa?

Telefones Úteis

voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
 
Linha 02 - Multilinguagem, Cognição e Interação
 

PROJETOS DE PESQUISA EM ANDAMENTO

 
 

Projeto 1: Variação lexical e morfossintática no falar de Fortaleza-CE.

Coordenadora: Profa. Dra. Aluiza Alves de Araújo

 
 

Descrição: Com base na Sociolinguística Variacionista, este projeto de pesquisa trata da descrição e da análise de fenômenos variáveis no português falado de Fortaleza-CE, tanto no que respeita a aspectos lexicais quanto no que tange a aspectos morfossintáticos. Com esse projeto, objetivamos entender os mecanismos linguísticos e sociais da variação estável e da variação que envolve mudança em progresso. Para tanto, serão utilizados os corpora do projeto Norma Oral do Português Popular de Fortaleza (NORPOFOR), constituído por 197 informantes, distribuídos de acordo com o sexo, com a faixa etária, com o tipo de registro e com a escolaridade; bem como do projeto Português Oral Culto de Fortaleza (PORCUFORT – fase I e fase II, esta ainda em andamento). Nas duas fases, o projeto PORCUFORT contempla informantes com nível superior completo, organizados de acordo com o sexo, com a faixa etária e com o tipo de inquérito. 

 

Palavras-chave:  Variação. Falar de Fortaleza. NORPOFOR. PORCUFORT.

 
 
Projeto 2: Experiências corpóreas e geração de metáforas: desafios metodológicos.

Coordenadora: Profa. Dra. Paula Lenz Costa Lima

 
 

Descrição: Desde o livro de Lakoff e Johnson, Metaphors we live by (1980), tem-se buscado metodologias e instrumentos que facilitem e auxiliem na busca, na identificação e na análise de metáforas na linguagem como um todo: na modalidade oral da linguagem, em sua modalidade escrita ou nas demais modalidades (tais como na língua de sinais, no braile, na linguagem icônica, etc.), em situações com pouco contexto - expressões isoladas e frases, por exemplo – ou em situações com contextos maiores - textos, discursos, etc. Entretanto, não é raro deparar-se com casos - na literatura ou nos instrumentos disponíveis - que parecem apresentar incongruências entre a teoria e a identificação ou a análise das metáforas. Assim, considerando, como sugere Talmy (2007), que a investigação sobre a estrutura conceitual da linguagem exige várias metodologias, nosso objetivo, neste projeto de pesquisa, é avaliar a eficácia das metodologias e dos instrumentos utilizados, nos últimos anos, para a identificação e para a análise de metáforas conceituais.

  

Palavras-chave: Linguística Cognitiva. Linguagem figurada. Metáfora conceitual. Avaliação de metodologia; Análise de metáforas.

 
 
Projeto 3: Legendagem para Surdos E Ensurdecidos (LSE): um estudo estatístico de dados resultantes de uma pesquisa experimental com rastreamento ocular, com base em legendas de campanhas políticas na TV.

Coordenadora: Profa. Dra. Silvia Malena Modesto Monteiro

 
 

Descrição: Este projeto de pesquisa consiste em um subprojeto da terceira fase do projeto Estudos Experimentais em Legendagem: análise da recepção de legendas em gêneros audiovisuais por espectadores surdos e ouvintes (EXLEG III), que tem como objetivo investigar a influência do número de linhas, da velocidade e da segmentação de legendas em gêneros audiovisuais. O EXLEG III originou-se do projeto Estudos Experimentais em Legendagem: análise da velocidade e da segmentação (EXLEG), o qual, por sua vez, já analisou a influência da segmentação linguística e da velocidade das legendas em documentários e em campanhas eleitorais na televisão, com o auxílio de um aparelho de rastreamento ocular. A esse propósito, convém ressaltar que se entende por segmentação linguística a divisão das falas em blocos, com base nas unidades semânticas e sintáticas. Uma legenda bem segmentada, por conseguinte, deve conter um pensamento completo, a fim de que a leitura possa ser facilitada. No que diz respeito às legendas da campanha eleitoral, obtivemos resultados qualitativos e quantitativos. Porém, o tratamento estatístico dos resultados quantitativos não foi realizado. Portanto, esse projeto tem o objetivo de analisar estatisticamente os dados resultantes da referida pesquisa, para verificar se as legendas rápidas e bem segmentadas são realmente as ideais para uma boa recepção de espectadores surdos e ouvintes, conforme apontaram os dados analisados até então.  

 

Palavras-chave: Legendas. Estudo experimental. Segmentação linguística. Campanhas eleitorais. Rastreamento ocular. 

 

Projeto 4: A neutralidade em audiodescrições de produtos audio(visuais) e/ou o estilo do audiodescritor: um estudo via teoria da avaliatividade.

Coordenador: Prof. Dr. Pedro Henrique Lima Praxedes Filho

 
 

Descrição: No âmbito da tradução audiovisual, trata-se da descrição, do ponto de vista da neutralidade, como característica obrigatória dessa prática e/ou do estilo do audiodescritor e de audiodescrições de produtos (audio)visuais variados em diversas línguas, feitas para deficientes visuais. Neste projeto de pesquisa, para a descrição, objetiva-se estudar a presença ou a ausência de julgamentos de valor do audiodescritor e/ou a sua assinatura avaliativa (ou o seu estilo avaliativo) quanto: aos sentimentos provocados pelo produto audiodescrito; aos posicionamentos dos seus interlocutores em potencial (se presentes) e à ampliação ou à redução da intensidade dos sentimentos provocados pelo produto audiodescrito (se presentes). Uma vez que a prescrição de neutralidade como característica obrigatória do processo de audiodescrição é consensual na maioria dos centros onde ela é estudada, nenhuma investigação foi conduzida, até o momento, com o objetivo de verificar se ela, de fato, não traz posicionamentos avaliativos de qualquer espécie; tampouco foram realizadas pesquisas com o objetivo de identificar a assinatura avaliativa do audiodescritor, o que acentua a pertinência desse projeto de pesquisa. A descrição será feita sob uma perspectiva pragmático-funcionalista, por meio da Teoria da Avaliatividade, dentro do escopo da Linguística Sistêmico- Funcional (LSF). A categorização dos dados se dará nos níveis da palavra, dos grupos e das orações, e as categorias de análise serão os termos disponibilizados pelos subsistemas de atitude, de engajamento e de gradação. Com esse projeto, espera-se, portanto, poder contribuir com informações empíricas para a construção do modelo de audiodescrição para deficientes visuais em elaboração pelo Grupo de Pesquisa em Tradução Audiovisual, da Universidade Estadual do Ceará (LEAD/UECE). 

 

Palavras-chave: TAV. Audiodescrição. Neutralidade. Assinatura Avaliativa-Estilo Avaliativo. Teoria da Avaliatividade (LSF).

 
 

Projeto 5: Parâmetros de legendagem e audiodescrição: uma análise baseada em corpus (Projeto CORLAD).

Coordenadora: Profa. Dra. Vera Lúcia Santiago Araújo


 

Descrição:  Este projeto de pesquisa pretende dar continuidade às pesquisas sobre legendagem para surdos e para ensurdecidos (LSE) e sobre audiodescrição (AD) realizadas pelo Grupo de Pesquisa em Tradução Audiovisual, da Universidade Estadual do Ceará (LEAD/UECE), as quais visam encontrar os parâmetros de LSE e de AD que atendam às necessidades das pessoas com deficiência auditiva ou visual do nosso país; permitindo que elas possam assistir confortavelmente a produções audiovisuais. Nesse contexto, o projeto visa descrever e analisar mais detalhadamente as produções audiovisuais nacionais oferecidas com esse fim, tendo como suporte teórico-metodológico os estudos da tradução, mais especificamente, da Tradução Audiovisual Acessível (TAVa) e da Linguística de Corpus.

Palavras-chave: Legendagem. Audiodescrição. Linguística de corpus.


 

Projeto 6: A locução na audiodescrição para pessoas com deficiência visual: uma proposta para a formação de audiodescritores (Projeto LOAD).

Coordenadora: Profa. Dra. Vera Lúcia Santiago Araújo

 
 

Descrição: A audiodescrição é uma modalidade de tradução audiovisual (TAV) e intersemiótica que visa fornecer a tradução de impressões visuais de produções audiovisuais, tais como filmes, programas de TV, peças de teatro e eventos ao vivo. Nesse quadro, este projeto de pesquisa tem o objetivo de propor parâmetros sistemáticos para orientar futuros audiodescritores a realizarem a locução na audiodescrição, com a finalidade de facilitar o acesso de deficientes visuais às produções citadas. Com o suporte teórico metodológico da TAV, da Linguística Sistêmico-Funcional (LSF), da fonologia e da fonoaudiologia, serão avaliadas as locuções já produzidas pelo Grupo de Pesquisa em Tradução Audiovisual, da Universidade Estadual do Ceará (LEAD/UECE), para selecionar trechos que serão utilizados em um curso de formação de audiodescritores. Após os audiodescritores terem sido expostos a atividades relacionadas à produção de fala, esses trechos serão re-audiodescritos. Então, as novas locuções serão testadas e comparadas às antigas por um grupo de deficientes visuais.

 

Palavras-chave: Tradução audiovisual. Audiodescrição. Locução. Fonética e Fonologia. Linguística Sistêmico-Funcional.

 
 

Projeto 7: Análises da voz e fala: caracterização da sonoridade do português, identificação de falantes e aperfeiçoamento da locução na audiodrescrição.

Coordenador: Prof. Dr. Wilson Júnior de Araújo Carvalho


 

Descrição: Neste projeto de pesquisa, busca-se analisar as características da voz e da fala, sob a perspectiva dos conhecimentos produzidos nas áreas da fonética, da fonoaudiologia, da linguística e da tradução audiovisual acessível, para a realização da análise acústica do sistema sonoro do português; assim como para aplicações na Linguística Forense, a partir da caracterização de aspectos fonéticos - articulatórios, acústicos e/ou auditivos -, lexicais, sociolinguísticos e discursivos. O presente projeto pode, ainda, contribuir para a formação de tradutores, na medida em que também leva em consideração o aperfeiçoamento da locução na audiodescrição de produções audiovisuais.

 

Palavras-chave: Análise acústica. Avaliação perceptual-auditiva. Linguística Forense.

 
 


Projeto 8: Da linguagem à metalinguagem: a interação entre desenvolvimento da linguagem, (meta)cognição, neuromaturação e letramento alfabético.

Coordenador: Prof. Dr. Wilson Júnior de Araújo Carvalho
 

 
Descrição: Neste projeto de pesquisa, objetiva-se investigar o desenvolvimento da (meta)linguagem - sob condições típicas ou desviantes - em língua materna ou em línguas estrangeiras, considerando as inter-relações entre linguagem, (meta)cognição, neuromaturação e letramento alfabético; com o intuito de compreender a constituição da estrutura sonora das línguas e a emergência de reflexões conscientes acerca da referida estrutura. As reflexões associadas a esse projeto podem contribuir tanto no âmbito da educação como no âmbito da clínica da linguagem. Assim, para os profissionais da educação, pretende-se fornecer dados sobre o processamento fonológico subjacente à leitura/escrita, examinando sua contribuição para o letramento alfabético no contexto de sala de aula. Já para os profissionais da clínica da linguagem, busca-se fornecer parâmetros de avaliação das habilidades (meta)fonológicas e/ou subsídios para a terapia de linguagem.
 
 

Palavras-chave: Aquisição de linguagem. Metafonologia. Cognição.

 
 

Serviços

Agenda - Novembro 2019

Do Se Te Qu Qu Se Sa
27 28 29 30 31 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30

UECE - PROGRAMA DE PÓS-GRADUACÃO EM LINGUÍSTICA APLICADA

Av. Luciano Carneiro, 345 - Fátima, Fortaleza/Ce - CEP:60411-205 Fone: (85) 3101 2030 (ramal 205) e (85) 31012032 - Ver localização no mapa

© 2010 - Governo do Estado do Ceará. Todos os Direitos Reservados