Secretarias e Órgãos
Telefones úteis
Redes Sociais

Calendário
Outubro 2017
D 2a 3a 4a 5a 6a S
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31 1 2 3 4
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Perguntas Frequentes
PDF
Imprimir
E-mail

Clique no tema relacionado a pergunta:

  1. PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA - PROPGPq
  2. 1.1 Quais os documentos necessários para que eu possa solicitar minha ascensão funcional por titulação? Em qual setor da UECE devo dar início ao processo de solicitação?

    Respostas: Os documentos necessários estão elencados na Resolução nº 927/2013 do Conselho Universitário (CONSU) que APROVA O FLUXO DE PROCESSOS DE INTERESSE DOCENTE E INSTITUCIONAL DA UECE, disponível na página da UECE: www.uece.br. De posse da documentação constante na Resolução nº 927/2013 (CONSU) o interessado deverá abrir processo no Sistema de Protocolo Único-SPU na UECE/Campus do Itaperi, de segunda a sexta, no horário 8h às 12h e de 13h às 17h.


    1.2 Quais documentos são necessários para que eu possa solicitar meu afastamento para cursar pós-graduação (especialização, mestrado ou doutorado)? Em qual setor da UECE devo dar início ao processo de solicitação?

    Respostas: Os documentos necessários estão elencados na Resolução nº 927/2013 do Conselho Universitário (CONSU) que APROVA O FLUXO DE PROCESSOS DE INTERESSE DOCENTE E INSTITUCIONAL DA UECE, disponível na página da UECE: www.uece.br. De posse da documentação constante na Resolução nº 927/2013 (CONSU) o interessado deverá abrir processo no Sistema de Protocolo Único-SPU na UECE/Campus do Itaperi, de segunda a sexta, no horário 8h às 12h e de 13h às 17h. Ressalta-se que a solicitação deverá ser encaminhada para o Departamento de Pessoal (DEPES), com no mínimo 45 dias antes do início do curso.


    1.3 Quais documentos são necessários para que eu possa solicitar a prorrogação de meu afastamento para dar continuidade à pós-graduação (especialização, mestrado ou doutorado)? Em qual setor da UECE devo dar início ao processo de solicitação?

    Respostas: Os documentos necessários estão elencados na Resolução nº 927/2013 do Conselho Universitário (CONSU) que APROVA O FLUXO DE PROCESSOS DE INTERESSE DOCENTE E INSTITUCIONAL DA UECE, disponível na página da UECE: www.uece.br. De posse da documentação constante na Resolução nº 927/2013 (CONSU) o interessado deverá abrir processo no Sistema de Protocolo Único-SPU na UECE/Campus do Itaperi, de segunda a sexta, no horário 8h às 12h e de 13h às 17h. Ressalta-se que a solicitação deverá ser encaminhada para o Departamento de Pessoal (DEPES), com no mínimo 30 dias antes do início do curso.


    1.4 O Relatório Semestral de Atividades realizadas na Pós-Graduação poderá ser entregue em mãos na Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa (PROPGPq)?

    Resposta: Não. O relatório deverá ser enviado para a PROPGPq por meio Sistema de Protocolo Único-SPU na UECE/Campus do Itaperi, de segunda a sexta, no horário 8h às 12h e de 13h às 17h.


    1.5 A entrega do Relatório Semestral de Atividades realizadas na Pós-Graduação e no estágio Pós-Doutoral é obrigatória?

    Resposta: A entrega faz-se necessária para solicitar prorrogação de afastamento, para pedido de incentivo profissional e ascensão funcional.


    1.6 Por que o Relatório Semestral de Atividades realizadas na Pós-Graduação precisa ser encaminhado para o Centro ou Faculdade do professor para apreciação?

    Resposta: Para que seja dada ciência as respectivas instâncias quais atividades o professor está desenvolvendo em sua pós-graduação.


    1.7 Quais documentos são necessários para que eu possa solicitar incentivo profissional de pós-graduação (especialização, mestrado ou doutorado)? Em qual setor da UECE devo dar início ao processo de solicitação?

    Respostas: Os documentos necessários estão elencados na Resolução nº 927/2013 do Conselho Universitário (CONSU) que APROVA O FLUXO DE PROCESSOS DE INTERESSE DOCENTE E INSTITUCIONAL DA UECE, disponível na página da UECE: www.uece.br. De posse da documentação constante na Resolução nº 927/2013 (CONSU) o interessado deverá abrir processo no Sistema de Protocolo Único-SPU na UECE/Campus do Itaperi, de segunda a sexta, no horário 8h às 12h e de 13h às 17h.

    2.1 Onde eu encontro a lista contendo a documentação necessária para a solicitação de liberação para realizar estágio Pós-Doutoral?

    Resposta: Os documentos estão disponíveis na página da UECE: www.uece.br, na Resolução nº 927/2013 do Conselho Universitário (CONSU) que APROVA O FLUXO DE PROCESSOS DE INTERESSE DOCENTE E INSTITUCIONAL DA UECE e nº 932/2013 (CONSU) que BAIXA NORMA SOBRE CRITÉRIOS DE AFASTAMENTO DE DOCENTE PARA A REALIZAÇÃO DE PÓS-DOUTORADO.


    2.2 Quais documentos são necessários para que eu possa solicitar meu afastamento para cursar estágio-pós-doutorado? Em qual setor da UECE devo dar início ao processo de solicitação?

    Respostas: Os documentos necessários estão elencados na Resolução nº 927/2013 do Conselho Universitário (CONSU) que APROVA O FLUXO DE PROCESSOS DE INTERESSE DOCENTE E INSTITUCIONAL DA UECE, disponível na página da UECE: www.uece.br. De posse da documentação constante na Resolução nº 927/2013 (CONSU) o interessado deverá abrir processo no Sistema de Protocolo Único-SPU na UECE/Campus do Itaperi, de segunda a sexta, no horário 8h às 12h e de 13h às 17h. Ressalta-se que a solicitação deverá ser encaminhada para o Departamento de Pessoal.


    2.3 É condição para o professor ter obtido há 4 anos o título de doutor para pedir afastamento para o pós-doutorado?

    Resposta: Sim. Segundo a Resolução 932/2013 – CONSU, em seu art. 3º, inciso III, para que um professor se afaste, ele tem que ter obtido título de doutor em Instituição reconhecida no Brasil ou no exterior há, no mínimo 4 anos.


    2.4 É necessário que o supervisor do estágio pós-doutoral seja bolsista PQ1 no CNPq?

    Resposta: O pesquisador supervisor do estágio, quando este for realizado no Brasil, deve ser detentor de bolsa, concedida pelo CNPq, de Produtividade em Pesquisa (PQ) nível 1 (um) ou de Produtividade em Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora (DT) ou possuir produção científica equivalente.


    2.5 A Instituição que o professor irá realizar o seu estágio pós-doutoral no Brasil tem que possuir Programa de Doutorado avaliado pela CAPES com nota 5?

    Resposta: Na verdade o pesquisador supervisor do estágio pós-doutoral, quando este for realizado no Brasil, deve estar vinculado a Doutorado com nota 5, no mínimo.


    2.6 Os excertos das Atas do Colegiado de Curso e Conselho de Centro ou Faculdade aprovando a solicitação de afastamento do professor para pós-graduação e pós-doutorado são suficientes para que o processo possa ser deferido?

    Resposta: Não. Além de outros documentos, são necessárias as declarações do Coordenador de Curso e Diretor de Centro ou Faculdade e também os excertos das Atas do Colegiado de Curso e Conselho de Centro ou Faculdade, e de preferência com as assinaturas dos participantes das reuniões.


    2.7 Pode um professor se afastar para a realização de estágio pós-doutoral só por 6 meses?

    Resposta: Poder pode, porém o Estado só concede o Incentivo Profissional de pós-doutor se o docente se afastar por período de 1 ano. De acordo com a Resolução nº 932/2013 (CONSU) o docente terá direito a, no mínimo, 6 (seis) meses e, no máximo, 12 (doze) meses de afastamento, concedidos, no caso do máximo, de uma única vez ou em duas etapas de 6 (seis) meses cada.

    3.1 O que é necessário para se fazer na UECE a revalidação nacional de título de pós-graduação stricto sensu obtido em instituição estrangeira?

    Resposta: Primeiro conhecer os cursos de pós-graduação que possuímos em nossa instituição, pois de acordo com o Art. 3º, da Resolução 929/2013 – CONSU/UECE, que ESTABELECE NORMAS SOBRE A REVALIDAÇÃO E O RECONHECIMENTO DE TÍTULOS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU OBTIDOS EM INSTITUIÇÕES ESTRANGEIRAS, a UECE somente processará e julgará as solicitações de revalidação e reconhecimento dos diplomas e certificados de pós-graduação stricto sensu de estabelecimentos estrangeiros de ensino superior que sejam correspondentes àqueles expedidos por seus cursos de mestrado e de doutorado, reconhecidos e avaliados, em áreas de conhecimento idênticas, congêneres, similares ou afins e em nível equivalente ou superior ao do documento apresentado. A saber, a UECE possui os seguintes cursos de Doutorado e de Mestrado:

    DOUTORADO

    • Ciências Veterinárias
    • Programa de Pós-Graduação em Geografia - CCT
    • Programa de Pós-Graduação em Cuidados Clínicos em Enfermagem e Saúde - CCS
    • Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada - CH
    • Programa de Pós-Graduação em Educação PPGE

    DOUTORADO EM REDES

    • Biotecnologia RENORBIO

    DOUTORADO EM ASSOCIAÇÃO AMPLA DE IES-UECE/UFC/UNIFOR:

    • Saúde Coletiva - CCS

    MESTRADOS ACADÊMICOS

    Centro de Ciências da Saúde - CCS:
    • Ciências Fisiológicas
    • Programa de Pós-Graduação em Cuidados Clínicos em Enfermagem e Saúde
    • Saúde Pública
    • Nutrição e Saúde
    Centro de Ciências e Tecnologias - CCT:
    • Ciência da Computação
    • Ciências Físicas Aplicadas
    • Programa de Pós-Graduação em Geografia
    • Recursos Naturais
    Centro de Educação - CED:
    • Programa de Pós-Graduação em Educação PPGE
    Centro de Estudos Sociais Aplicados - CESA:
    • Administração
    • Serviço Social, Trabalho e Questão Social
    Centro de Humanidades – CH
    • Filosofia
    • História e Culturas
    • Programa de Pós-Graduação em Lingüística Aplicada
    • Políticas Públicas e Sociedade
    Faculdade de Veterinária - FAVET:
    • Ciências Veterinárias – vFAVET
    Intercampi em Educação e Ensino - FAFIDAM/FECLESC:
    • Educação e Ensino

    MESTRADOS PROFISSIONAIS

    • Computação Aplicada – CCT
    • Planejamento e Políticas Públicas – CESA
    • Saúde da Criança e do Adolescente – CCS
    • Saúde da Família – CCS
    • Ensino na Saúde - CCS
    • Matemática em Rede Nacional - CCT
    • Gestão de Negócios Turísticos - CESA/CCT


    3.2 Quais os documentos necessários para se fazer uma revalidação de título obtido no exterior na UECE?

    Resposta: Os documentos necessários estão elencados na Resolução 929/2013 – CONSU, que ESTABELECE NORMAS SOBRE A REVALIDAÇÃO E O RECONHECIMENTO DE TÍTULOS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU OBTIDOS EM INSTITUIÇÕES ESTRANGEIRAS, disponível na página da UECE: www.uece.br


    3.3 Qual o valor da taxa a ser paga para a revalidação de título obtido no exterior na UECE?

    Resposta: O valor da taxa é de 1.500,00 R$ (HUM MIL E QUINHENTOS REAIS) a ser paga na Caixa Econômica Federal –Agência: 0919-Aldeota Conta Corrente: nº: 261-0 - Favorecido: Fundação Universidade Estadual do Ceará (UECE).


    3.4 Faz-se necessária a presença do solicitante no momento da entrada no processo junto ao serviço e Protocolo Geral da UECE?

    Resposta: O interessado poderá se fazer representar por meio de PROCURAÇÃO, delegando a uma pessoa de sua confiança plenos poderes para realizar todas as tramitações inerentes ao pedido de revalidação.


    3.5 O pedido de revalidação de título de pós-graduação stricto sensu obtido em instituição estrangeira, tem período determinado para ser solicitado na UECE?

    Resposta: Não. Esse tipo de pedido é de fluxo continuo, podendo ser realizado a qualquer momento.


    3.6 A pessoa ao fazer na UECE o pedido de revalidação de título de pós-graduação stricto sensu obtido em instituição estrangeira, terá seu processo deferido?

    Resposta: Não necessariamente. Os pedidos de revalidação e reconhecimento da validade institucional serão encaminhados, via Sistema de Protocolo Único-SPU, à Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa (PROPGPq), que aplicará, no que couber, as normas previstas na Resolução nº 929/2013 (CONSU), cabendo uma Comissão de Avaliação, designada para este fim, dar continuidade à aplicação das mesmas normas, pautando-se pelo princípio fundamental de os graus de títulos terem sido, comprovadamente, obtidos em condições equivalentes às exigidas por curso credenciado de pós-graduação stricto sensu correspondente do Sistema Educacional Brasileiro.


    3.7 Qual o tempo estimado para ser apresentado o resultado do pedido de revalidação?

    Resposta: Cerca de aproximadamente 120 dias, em virtude das análises as quais o processo é submetido na Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, depois pela Comissão de Avaliação e, finalmente, por um membro do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) que apresentará a esse órgão deliberativo e consultivo da UECE, seu parecer sobre o pleito em questão.


    3.8 Como o solicitante se mantém informado sobre o andamento do processo?

    Resposta: Por meio de consulta ao site da Secretaria de Planejamento do Estado do Ceará (SEPLAG): www.seplag.ce.gov.br (SPU acompanhamento de processos).

    INDICAÇÕES E SUBSTITUIÇÕES DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTIFICA

    1) Quais os documentos necessários para a indicação ou substituição de bolsista?

    a) Ofício encaminhado pelo Orientador à Diretoria de Pesquisa, explicando o motivo da substituição;
    b) Curriculum vitae atualizado do aluno, modelo Lattes;
    c) Fotocópia do RG e do CPF do aluno;
    d) Histórico Escolar referente ao último período letivo concluído;
    e) Comprovante atualizado de matrícula no período letivo;
    f) Fotocópia do cartão da conta corrente do Banco do Brasil, caso a bolsa seja PIBIC/CNPq, PIBIC-Af/CNPq ou PIBITI/CNPq;
    g) Fotocópia do cartão da conta corrente do BRADESCO, caso a bolsa seja ICT/FUNCAP ou IC/UECE;
    h) Número do Sistema Integrado de Cadastro do Estado (SIC) do aluno, emitido pelo DECOFIN, somente para bolsistas IC/UECE e IA/UECE;
    i) Termo de Compromisso, somente no caso de bolsistas ICT/FUNCAP é necessário que seja reconhecido a firma deste documento em cartório.


    2) Os bolsistas podem ser substituídos durante todo o período de vigência da bolsa?

    Resposta: Somente a FUNCAP não permite substituição de bolsistas nos últimos 4 meses de vigência da bolsa; os demais programas não fazem restrição.


    3) O aluno do PROVIC também precisa assinar o Termo de Compromisso?

    Reposta: Sim, todos os alunos de iniciação científica, bolsistas ou não devem assinar o Termo de Compromisso.


    4) O Cadastro de Credor do Estado e o Termo de Compromisso podem ser obtidos onde?

    Resposta: Na página www.propgpq.uece.br, no lado direito no link Dowonloads, e em seguida em Iniciação Cientifica.


    5) Os relatórios tem um documento especifico dele? E onde encontrá-lo?

    Resposta: Sim tem um documento especifico pra ele, e você pega também na pagina www.propgpq.uece.br.


    6) Qual o período de entrega dos relatórios de iniciação científica?

    Resposta: Depende do período de sua bolsa, por exemplo, para os alunos vinculados ao PIBIC/CNPq, PIBIC-Af/CNPq, PIBITI e PROVIC/UECE a entrega ocorre sempre durante o mês de junho; para os alunos de ICT/FUNCAP, IC/UECE e IA/UECE a entrega ocorre sempre em janeiro.


    7) Se eu fiquei um determinado tempo em um programa de iniciação científica e passei para outro devo entregar o relatório da bolsa anterior?

    Resposta:Não, você faz o relatório da bolsa para a qual você foi transferido, o novo aluno é que fará o relatório.


    8) As cópias impressas dos relatórios entregues na PROPGPq devem tem que serem assinadas pelo aluno ou somente pelo orientador?

    Resposta: O relatório deve ser assinado por ambos, orientador e aluno


    SOBRE O SIGBOLSAS

    9) Como faço para cadastrar um projeto de iniciação cientifica?

    Resposta: Acesse o sistema sigbolsas.uece.br e digite seu login e senha do e-mail institucional, em seguida aparecerá os passos pra que seja cadastrado seu projeto.


    10) Como devo indicar um bolsista no SigBolsa?

    Resposta: Acesse o sistema e digite seu login e senha do e-mail institucional, coloque o CPF ou numero de matricula ou o nome do aluno, lá será encontrado os passos que lhe permitirão indicar o bolsista.


    11) Como faço para imprimir a ficha online do aluno no SigBolsas?

    Resposta: Depois da indicação, aparece ao lado a opção Imprimir.


    12) Quantos projetos por Chamada Pública eu posso cadastrar nesse sistema?

    Resposta: Somente um projeto por Chamada Pública.

    1) Quais são os cursos de Aperfeiçoamento/Especialização oferecidos pela UECE?

    Resposta: A lista de cursos de Aperfeiçoamento/Especialização oferecidos pela UECE encontra-se disponível no site http://www.uece.br/propgpq/. Para visualizar, clique no link “Especialização” que fica do lado esquerdo do site.


    2) Quais são os cursos de Mestrado e Doutorado oferecidos pela UECE?

    Reposta: A lista de cursos de Mestrado e Doutorado oferecidos pela UECE encontra-se disponível no site http://www.uece.br/propgpq/. Para visualizar, clique no link “Mestrado e Doutorado” que fica do lado esquerdo do site.


    3) Quais os documentos necessários para inscrição em um curso de Aperfeiçoamento/Especialização, Mestrado ou Doutorado?

    Resposta: Os documentos solicitados no ato da inscrição podem variar um pouco entre cursos diferentes, mesmo entre aqueles de mesmo nível. Desta forma, o ideal é que você entre em contato com a Coordenação do curso para saber como ter acesso ao Edital ou Chamada Pública de Seleção. As Chamadas Públicas de Seleção dos Mestrados e Doutorados são divulgadas no site destes cursos.


    4) Em que período do ano ocorrem as seleções de alunos para os cursos de Aperfeiçoamento/Especialização, Mestrado e Doutorado?

    Resposta: Não há um calendário específico para as seleções. As seleções de alunos para cursos de Aperfeiçoamento/Especialização ocorrem ao longo do ano, o ideal é contatar a Coordenação do curso de seu interesse para saber qual a previsão de data para a próxima seleção. Quanto às seleções de alunos para Mestrado e Doutorado, estas costumam ser anuais, ocorrendo no segundo semestre do ano, embora o Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias realize seleções semestrais.


    5) Todos os alunos de Mestrado e Doutorado possuem bolsa de estudos?

    Resposta: Não. O número de bolsas que cada curso possui é inferior ao número de alunos matriculados. A Comissão de Bolsas de cada curso deve verificar quais são os alunos com perfil para receber bolsa.


    6) A UECE oferece algum curso de pós-graduação gratuito?

    Resposta: Sim. Os cursos de Mestrado Acadêmico e de Doutorado são gratuitos.


    7) Quais os procedimentos para solicitar o Certificado de um curso de Aperfeiçoamento ou Especialização concluído?

    Resposta: A solicitação deve ser realizada no Núcleo de Lato Sensu da PROPGPq. O interessado deve entregar o “Requerimento de Expedição de Certificado de Aperfeiçoamento ou Especialização” devidamente preenchido, juntamente com a documentação solicitada no corpo deste documento. O “Requerimento de Expedição de Certificado de Aperfeiçoamento ou Especialização” encontra-se disponível no site http://www.uece.br/propgpq/. Para visualizar, clique no link “Especialização – Documentos e Formulários” que fica do lado esquerdo do site.


    8) Quais os procedimentos para solicitar o Certificado de um curso de Mestrado ou Doutorado concluído?

    Resposta: A solicitação deve ser realizada no Núcleo de Diplomas e Bolsas da PROPGPq. O interessado deve entregar o “Requerimento de Expedição de Diploma” devidamente preenchido, juntamente com a documentação solicitada no corpo deste documento. O “Requerimento de Expedição de Diploma” encontra-se disponível no site http://www.uece.br/propgpq/. Para visualizar, clique no link “Mestrado e Doutorado – Documentos e Formulários” que fica do lado esquerdo do site.


    9) Qual o prazo para a entrega do Certificado de Aperfeiçoamento/Especialização?

    Resposta: Até 30 dias.


    10) Qual o prazo para a entrega dos Diplomas de Mestrado e Doutorado?

    Resposta: Independendo da data de solicitação do Diploma, este é entregue no ato da Colação de Grau que é realizada no primeiro semestre do ano. Em casos excepcionais poderá haver expedição de Diploma em caráter de urgência, desde que haja justificativa para a solicitação.

  3. PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO – PROEX
  4. 1) O que é o estágio curricular não obrigatório?

    Resposta:
    O Estágio Curricular não-obrigatório é uma oportunidade estabelecida através da cooperação mútua entre a UECE e a Empresa no sentido de propiciar ao aluno/estagiário aprofundar conhecimentos e desenvolver habilidades significativas para a formação a um só tempo teórico e prático, possibilitando a UECE mais um caminho para obtenção de subsídios necessários à permanente atualização das ações extensionistas. Por outro lado, oportuniza à empresa mais um canal de informação indispensável a sua constante aproximação das fontes do conhecimento técnico, científico e cultural.


    2) Quem pode participar do estágio?

    Resposta:
    Alunos regularmente matriculados nos cursos de graduação da UECE.

    3)Quais os documentos necessários para regulamentar o estágio não-obrigatório?

    Resposta:
    Termo de Convênio / Termo de Compromisso / Plano de Atividade / Declaração de Matrícula que seguem anexados no link: http://www.uece.br/proex/index.php/estagio-curricular-nao-obrigatorio
    4) Qual Lei e a Resolução que tratam do assunto?


    Resposta:
    Lei Federal nº 11.788, de 25/09/2008 “Dispõe sobre o estágio de estudantes; altera a redação do art. 428 da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT, aprovada pelo Decreto-Lei no 5.452, de 1o de maio de 1943, e a Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996; revoga as Leis nos 6.494, de 7 de dezembro de 1977, e 8.859, de 23 de março de 1994, o parágrafo único do art. 82 da Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, e o art. 6o da Medida Provisória no 2.164-41, de 24 de agosto de 2001; e dá outras providências.


    Resolução Nº 3451/2012 –CEPE, de 27 de abril de 2012 “Baixa as Normas Acadêmicas sobre o Estágio Curricular Obrigatório e Não-Obrigatório dos Cursos de Graduação da Universidade Estadual do Ceará”.
    5) Qualquer empresa pode absorver alunos para estágio não curricular?

    Resposta: Sim, desde que as empresas interessadas firmem Convênio com a UECE, e que atendam aos pré-requisitos da Lei nº 11.782, de 25/09/2008 e da Res. O Termo de Convênio segue anexado no link: http://www.uece.br/proex/index.php/estagio-curricular-nao-obrigatorio


    6)Quais as obrigações das instituições de ensino, em relação aos estágios de seus educandos?

    Resposta:
    I - celebrar termo de compromisso com o educando ou com seu representante ou assistente legal, quando ele for absoluta ou relativamente incapaz, e com a parte concedente, indicando as condições de adequação do estágio à proposta pedagógica do curso, à etapa e modalidade da formação escolar do estudante e ao horário e calendário escolar;
    II – avaliar as instalações da parte concedente do estágio e sua adequação à formação cultural e profissional do educando;
    III – indicar professor orientador, da área a ser desenvolvida no estágio, como responsável pelo acompanhamento e avaliação das atividades do estagiário;
    IV – exigir do educando a apresentação periódica, em prazo não superior a 6 (seis) meses, de relatório das atividades;
    V – zelar pelo cumprimento do termo de compromisso, reorientando o estagiário para outro local em caso de descumprimento de suas normas;
    VI – elaborar normas complementares e instrumentos de avaliação dos estágios de seus educandos;
    VII – comunicar à parte concedente do estágio, no início do período letivo, as datas de realização de avaliações escolares ou acadêmicas.
    O plano de atividades do estagiário, elaborado em acordo das 3 (três) partes, será incorporado ao termo de compromisso por meio de aditivos à medida que for avaliado, progressivamente, o desempenho do estudante.
    A celebração de convênio de concessão de estágio entre a instituição de ensino e a parte concedente não dispensa a celebração do termo de compromisso.


    07. Qual o período de espera para a assinatura desses documentos?

    Resposta:
    Para o Termo de Convênio estipula-se um prazo de oito a dez dias útil. E para o Termo de Compromisso estipula-se um prazo de dois dias úteis.
    08 . Quem são os responsáveis em assinar esses documentos?

    Resposta:
    O Termo de Convênio é assinado pelo Reitor da Universidade, Prof. Dr. José Jackson Coelho Sampaio, o Termo de Compromisso é assinado pela Pró-reitora de Extensão, Prof. Dra. Lúcia Helena Fonsêca Grangeiro, o Plano de Atividades é assinado pelo Coordenador do curso do aluno.

    1) Quais são os objetivos das bolsas para projetos/programas de extensão?

    Resposta: Apoiar, por meio da concessão de bolsas de extensão o desenvolvimento de programas e/ou projetos de Extensão de forma a oportunizar a participação de alunos, regularmente matriculados nos cursos de graduação da UECE, contribuindo para a sua formação acadêmico-profissional, num processo de interação entre a Universidade e a Sociedade.
    Aproximar, de forma indissociável, o ensino e a pesquisa da extensão.
    Assegurar a participação de discentes, docentes e técnicos administrativos, de forma integrada ou não, nas ações de extensão universitária, contribuindo com o papel social da universidade na produção e articulação de novos saberes nas várias áreas do conhecimento


    2) Quem pode ser proponente para bolsas de extensão?

    Resposta: Poderão ser proponentes professores pertencentes ao quadro da UECE em exercício, com programas ou projetos reconhecidos pelas Coordenações de Centro, Faculdades e/ou Institutos.
    3) Qual o período de inscrição para Projeto de Extensão com pedido de bolsa?

    Resposta: A Proex realiza inscrição no início do ano, através de chamada pública.
    4) Onde encontro o formulário de frequência de bolsistas?

    Resposta: Através do link http://www.uece.br/proex/index.php/programas--projetos-de-extensao/bolsas-de-extensao
    5) Quantas vagas a Proex oferece por ano, para Projetos?

    Resposta: A PROEX vem oferecendo uma média de 100 (cem) vagas/ano para projetos de extensão.
    6) Qual a duração da bolsa?

    Resposta: O programa de bolsas tem duração de 12 (doze) meses.
    7) O aluno pode participar de bolsas de extensão em anos subsequentes?

    Resposta: Sim, ao termino do primeiro período da bolsa o professor poderá fazer o pedido do mesmo aluno no próximo edital lançado.
    8) Qual a resolução para elaboração de projeto de Extensão?

    Resposta: A resolução N° 3261 CEPE, de 14 de dezembro de 2009, a mesma pode ser localizada tanto no site da Universidade Estadual do Ceará – UECE, nas legislações, quanto no site da Pró-Reitoria de Extensão através do link: http://www.uece.br/proex/index.php/programas--projetos-de-extensao/50-programas--projetos-de-extensao/266-formulario-para-elaboracao-de-projeto-e-resolucao
    9) Existe um modelo para elaboração de projeto de Extensão e onde posso localizá-lo?

    Resposta: Existe sim um formulário que pode ser usado para elaborar um projeto de extensão, o mesmo encontra-se no site da Pró-Reitoria de Extensão, no link: http://www.uece.br/proex/index.php/programas--projetos-de-extensao/50-programas--projetos-de-extensao/266-formulario-para-elaboracao-de-projeto-e-resolucao

    1) O que é a CEPEJA?

    Resposta: É um Projeto que visa contribuir na Formação Continuada de Educadores da Educação Básica com foco na Educação de Jovens e Adultos e na implementação de Políticas Públicas, em parceria com os governos: federal, estadual e municipal.


    2) Quais as principais ações da CEPEJA?

    Resposta:
    • Cursos de formação continuada para profissionais que atuam na Educação Básica;
    • Assessoria pedagógica às instituições públicas;
    • Estudos e pesquisas relevantes para o desenvolvimento da EJA;
    • Promoção de eventos e realização de projetos.


    3) Quais os objetivos das ações da CEPAJA?

    Resposta:
    • Aprofundar teorias e práticas no trabalho do educador da EJA e do Ensino Fundamental e Médio Regular para o sucesso da aprendizagem dos alunos;
    • Estimular a reflexão sobre a prática na prática, como instrumento de formação e autoformação pedagógica.


    4) A quem se destina os cursos ofertados pela CEPEJA?

    Resposta: Alunos dos cursos de licenciaturas e profissionais da área de educação e afins.


    5) Qual a duração/carga horária dos cursos?

    Resposta: A carga horária dos cursos varia entre 40 e 200 horas

  5. PRÓ-REITORIA DE POLÍTICAS ESTUDANTIS DA UECE - PRAE
  6. 1. Quais os programas de Assistência Estudantil oferecidos pela PRAE/UECE?

    Resposta:
    A UECE Oferece os seguintes programas
    • Programa de Bolsas de Estudo e Assistência;
    • Programa de apoio pedagógico auxílio para participação em eventos científicos;
    • Programa Psicopedagógico e de Saúde;
    • Programa de Inclusão Digital


    2. Quem pode participar dos Programas de Assistência Estudantil da UECE?

    Resposta: Todos os alunos da UECE regularmente matriculados nos Cursos de Graduação presenciais.


    3. Como faço para me inscrever nos Programas de Assistência Estudantil?

    Resposta: No Programa de Bolsas de Estudo e Assistência o prazo de inscrição é definido em Edital. Referido edital traz todas as datas do processo seletivo, bem como, a documentação necessária para inscrição.


    4. Qual o prazo de vigência do Programa de Bolsas de Estudo e Assistência?

    Resposta: Dez 10 meses, podendo ser renovado por mais dez meses, mediante solicitação.


    5. A UECE oferece algum auxílio ao estudante?

    Resposta: Sim. A UECE através do Programa de Bolsas de Estudo e Assistência concede ao aluno contemplado os seguintes auxílios financeiros: transporte e alimentação.


    6. Posso entregar documento fora do prazo?

    Resposta: O Prazo de entrega dos documentos é definido em edital, portanto, não é possível entregar fora do período indicado.


    07. Se eu deixar de entregar algum documento meu pedido será aceito?

    Resposta: Não existe essa possibilidade. No próprio edital, já é previsto que na falta de qualquer um dos documentos o pedido será indeferido.


    8. Como faço para tirar dúvidas em relação à documentação?

    Resposta: Devido ao grande número de inscrições no Programa de Bolsas de Estudo e Assistência, será realizada divulgação em cada campus e cada unidade será encarregada de esclarecer algumas dúvidas referentes ao Edital e ao Programa de Bolsas de Estudo e Assistência, assim que for publicado o Edital.


    9. Como faço para me inscrever no Programa de Atenção Psicopedagógico?

    Resposta: Preencher uma ficha de inscrição na Célula de Atenção Psicopedagógico e de Saúde na PRAE.


    10. Em quais campi existem o Restaurante Universitário e/ou Refeitório?

    Resposta: No campus do Itaperi, temos um Restaurante Universitário e no Centro de Humanidades, um refeitório.


    11. Na UECE existe moradia estudantil?

    Resposta: Sim, apenas, no município de Quixadá.


    12. Quais são os critérios avaliativos para o ingresso na bolsa?

    Resposta: Os critérios avaliativos buscam conhecer o interesse dos candidatos pela bolsa, à ratificação da renda familiar e quem realmente dela dependia, a capacidade de organização dos candidatos com relação a conciliar estudo e trabalho, as perspectivas e o principal motivo que levaria a aquisição da bolsa.


    13. Qual o dia fixo para o pagamento da bolsa?

    Resposta: O pagamento é feito dentro do prazo entre o dia 01 até o dia 10 do mês.


    14. Qual o perfil sócio econômico dos estudantes que procuram a bolsa?

    Resposta: Geralmente, são estudantes de baixa renda e dependentes dos pais ou responsáveis.


    15. Os alunos que mais procuram a bolsa são provenientes de quais cursos?

    Resposta: São provenientes dos cursos de geografia, matemática, serviço social, letras, filosofia, entre outros.


    16. Qual o objetivo do programa?

    Resposta: O programa objetiva auxiliar na permanência dos alunos na Universidade, principalmente os que se encontram em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

  7. COMISSÃO PERMANENTE DE PESSOAL DOCENTE - CPPD
  8. 1. Quais são os tipos de processos que tramitam pela CPPD?

    Resposta: Na CPPD tramitam vários tipos de processos: afastamento para pós-graduação, prorrogação de afastamento, afastamento para doutorado, estágio probatório, progressão por interstício, promoção por titulação, promoção por interstício e por titulação, incentivo de pós-graduação, incentivo de pós-doutorado, alteração de regime de trabalho, inclusão ou exclusão de dedicação exclusiva, remoção de docente, licença para trato de interesse particular, Solicitação de concurso para professor efetivo ou seleção para professor substituto, Solicitação de nomeação de professor efetivo ou contratação de professor substituto.


    2. Qual a frequência das reuniões da CPPD?

    Resposta: A CPPD se reúne semanalmente às sextas-feiras a partir das 14 horas.


    3. Qual o tempo de demora de um processo na CPPD?

    Resposta: Na CPPD os processos demoram cerca de uma semana em média, pois são distribuídos em uma reunião e seu parecer é apreciado e aprovado na reunião seguinte. Na maioria das vezes os processos demoram nos Colegiados e Centros ou Faculdades, na maioria das vezes porque os interessados não se atentam para o fluxo e a documentação específica do processo, que foi normatizada pela Resolução nº 927-CONSU, publicada no DOE de 08/03/2013.

  9. FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE ITAPIPOCA – FACEDI
  10. 1. Quais cursos a FACEDI oferece?

    Resposta: A FACEDI oferece os cursos de Licenciaturas em Ciências Biológicas, Pedagogia e Química.


    2. Os cursos são gratuitos?

    Resposta: Sim, todos os cursos de graduação da FACEDI são públicos, sem nenhuma taxa para os alunos.


    3. Na FACEDI tem restaurante universitário?

    Resposta: Não.


    4. Quanto tempo pra se formar?

    Resposta: Um aluno regular, sem reprovações durante o curso, conclui os cursos oferecidos pela FACEDI em 4 anos e 6 meses ou seja 9 semestres


    5. Tem algum curso de especialização?

    Resposta: Atualmente temos um curso de especialização no ensino de Química.


    6. Qualquer pessoa pode fazer ficha na biblioteca?

    Resposta: Não, apenas alunos regularmente matriculados.

  11. BIBLIOTECA CENTRAL - BC
  12. 1. Qual a política da Universidade para compra de livros?

    Resposta: A UECE realiza a compra de livros por meio de processo licitatório realizado pela Casa Civil do Governo do Estado do Ceará. O recurso é disponibilizado e inserido no orçamento do estado anualmente.


    2. Quantos livros posso pegar e qual o prazo do empréstimo?

    Resposta: O aluno tem direito de pegar 3 livros mediante apresentação de documento com foto e número de matrícula. Além disso, possui o prazo de 15 dias para devolvê-los. Abaixo discriminação de período e tipo de material por perfil de usuário. O atraso na devolução das obras implica em pagamento de multa conforme a Resolução de nº 164/96.

    Categoria Livros/CD/DVD Período
    Aluno de Graduação - GR 03 15 dias
    Aluno de Pós-Graduação - PG 04 15 dias
    Docente - PR 04 30 dias
    Funcionário - FC 03 15 dias


    3. Posso renovar o empréstimo de livros?

    Resposta: Sim. Caso não existam reservas anteriores para esses livros.


    4. Como ocorre a Reserva de livros?

    Resposta: O material bibliográfico fica reservado ao usuário solicitante até 02 dias após o aviso de sua devolução.


    5. Como faço para obter informações sobre a entrega de meu trabalho acadêmico na biblioteca?

    Resposta: O aluno deverá entrar no site da biblioteca (www.uece.br/biblioteca) no link entrega de trabalhos acadêmicos.


    6. Como faço para solicitar a ficha catalográfica?

    Resposta: Através do formulário disponível na página de entrega de trabalhos acadêmicos.


    7. Quais as orientações acerca da normalização de trabalhos acadêmicos, segundo as normas brasileiras vigentes da ABNT?

    Resposta: O aluno deverá seguir o manual de normas da UECE disponível para empréstimo no acervo da biblioteca central.


    8. A biblioteca estabelece prazo para entrega de trabalhos acadêmicos?

    Resposta: A biblioteca não estabelece prazos para entrega dos trabalhos. Essas informações devem ser obtidas no Departamento de Graduação (DEG) e nas Coordenações dos cursos de Pós-Graduação.


    9. Como faço o levantamento de artigos científicos no Portal de Periódicos da CAPES?

    Resposta: O aluno deverá agendar junto ao setor de referência a data e o horário para fazer o levantamento junto com o bibliotecário responsável.


    10. O Laboratório de Informática é de responsabilidade da biblioteca?

    Resposta: O laboratório de informática fica sob a responsabilidade da Pró-Reitoria de Políticas Estudantis (PRAE);


    11. Há wi fi (internet sem fio liberada) na biblioteca?

    Resposta: Ainda não há wi fi na biblioteca, mas o roteador está sendo providenciado para que possamos oferecer esse recurso.


    12. Qual o processo de doação de materiais bibliográficos?

    Resposta: Os procedimentos adequados para se doar livros e materiais especiais à biblioteca são:
    a) Exemplares de livros, cd’s, dvd’s, periódicos, deverão estar em boas condições de uso para que não haja a contaminação por insetos (cupim, brocas, ácaros, traça, fungos, entre outros) prejudicial ao material bibliográfico da biblioteca;
    b) Quando em grande número de exemplares, os volumes deverão ser acondicionados em caixas, numeradas com a quantidade de seu conteúdo e contendo uma lista do material bibliográfico dentro dela;
    c) O material doado deverá ser entregue no Setor de Processamento Técnico, onde profissionais estarão devidamente treinados para proceder com o recebimento, seleção e permanência das doações.

  13. CURSINHO PRÉ-VESTIBULAR UECEVEST
  14. O que é o UECEVEST?

    Resposta: É um pré-vestibular que prepara para provas da UECE e ENEM.


    Qual a duração do curso?

    Resposta: O curso tem a duração de 06 meses


    Quem pode fazer o UECEVEST?

    Resposta: Alunos que já concluíram ou estão concluindo o ensino médio.


    Qual o horário das aulas?

    Resposta: Manhã, tarde ou noite


    Quais os documentos necessários para se inscrever?

    Resposta: Copias de: RG, CPF, comprovante de endereço, certificado do ensino médio.


    Quais as formas de pagamento?

    Resposta: Matricula = depósito na conta
    Parcelas = boleto bancário


    Quem ministra as aulas?

    Resposta: Alunos dos diferentes cursos de graduação da UECE/UFC, acompanhados por um grupo de professores da UECE em suas diferente áreas.

  15. PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO – PROGRAD
  16. 1) O que é a PROGRAD?

    Resposta: É o órgão responsável pela política de graduação da Universidade. Responde pelo vínculo institucional do aluno de graduação, tratando de matrícula, aproveitamento de disciplinas, trancamento de disciplinas, atividades complementares, estágios curriculares, programas de formação estudantil e colação de grau. Atua também na dimensão acadêmica dos cursos de graduação, assessorando o trabalho das coordenações.


    2) O que é a Matrícula Acadêmica e como ocorre?

    Resposta: A matrícula acadêmica é a formalização do vínculo do aluno junto à Instituição, devendo, obrigatoriamente, ser renovado a cada semestre. Para quem ingressou no primeiro semestre do curso, a PROGRAD efetiva a matrícula, sem a interferência do aluno na escolha das disciplinas a serem cursadas. A partir do segundo semestre, as matrículas são de inteira responsabilidade do aluno, devendo ser realizadas online.


    3) Em que período ocorre a Matrícula Acadêmica?

    Resposta: Ocorre em período definido no Calendário Acadêmico da UECE (www.uece.br). O aluno deve observar rigorosamente as datas determinadas e cumprir com o máximo cuidado as etapas e procedimentos exigidos pelo sistema. Será negada a Matrícula Acadêmica ao aluno que esteja em débito com o Sistema de Biblioteca.


    4) Como realizar a Matrícula Acadêmica de alunos novatos?

    Resposta: O primeiro semestre do curso quer o aluno o realize na modalidade presencial ou semipresencial, tem características específicas: a matrícula é realizada em um bloco de disciplinas para todos os que ingressaram no mesmo curso.


    5) É possível realizar trancamento parcial, excluir alguma disciplina no primeiro semestre?

    Resposta: Não é possível realizar trancamento parcial, isto é, excluir alguma disciplina; também é vedado o reajuste de matrícula (correção e/ou adequação da matrícula); no primeiro semestre o aluno não tem direito à matrícula institucional.


    6) Como realizar a Matrícula Acadêmica dos alunos veteranos?

    Resposta: Se o aluno faz o curso na modalidade presencial, a partir do segundo semestre a matrícula é realizada em três etapas:
    1ª etapa: acessando o site http://alunoonline.uece.br e seguindo as orientações apresentadas, o aluno escolherá as disciplinas que pretende cursar no período letivo. Ao acessar o endereço eletrônico, encontrará um quadro com as disciplinas possíveis de serem cursadas. Dentre as disciplinas listadas neste quadro, deve dar prioridade àquelas que são próprias do semestre que irá cursar, seguidas de outras que poderão compor o plano de estudos. Para finalizar essa etapa, o aluno clica em “confirmar” e imprime a sua solicitação. Lembre-se de que a impressão é a garantia de que o aluno realizou a matrícula e poderá evitar que fique na situação de abandono.
    2ª etapa: após a primeira etapa, ocorre o ajuste de matrícula, momento em que o aluno confere se as disciplinas solicitadas foram aceitas ou não. Se o aluno não teve sua solicitação atendida, parcial ou integralmente, deverá realizar o ajuste de acordo com a disponibilidade de vagas em disciplinas de seu interesse. Em caso de solicitação de ajuste de matrícula, o aluno deverá incluir ou excluir disciplina(s) e, em seguida, clicar no botão confirmar. Novamente, não esqueça de imprimir o comprovante!
    3ª etapa: será realizada junto à coordenação de cada curso, também online. Essa etapa é reservada aos alunos que efetuaram a matrícula na 1ª ou 2ª fase. Só será permitida inclusão em disciplinas com vagas remanescentes, vedado qualquer processo de exclusão. Se o aluno faz o curso na modalidade semipresencial, a matrícula será realizada em única etapa, conforme calendário acadêmico específico para este fim.


    7) Como realizar a matrícula de aluno provável concludente?

    Resposta: Se o aluno é de curso presencial e vai fazer a matrícula nas últimas disciplinas necessárias para a conclusão do curso, deverá requerer colação de grau, no período da matrícula, junto à Coordenação de seu curso. Esse é um procedimento necessário para que seja realizada a análise do histórico escolar com relação ao cumprimento das exigências legais necessárias à graduação. O fato de o aluno ser possível concludente pode lhe conceder alguns direitos especiais. Procure seu Coordenador para assegurar-se dos procedimentos necessários.
    Esse procedimento, entretanto, não se aplica aos alunos da modalidade semipresencial, uma vez que as matrículas desses alunos são sempre providenciadas pelas coordenações de cursos.


    8) O que acontece se o aluno não realizar a matrícula?

    Resposta: Caso o aluno não realize a matrícula, ficará em situação de abandono, ou seja, sem vínculo formal com a Universidade. Isto significa que, no semestre de perda da matrícula, o aluno não poderá cursar nenhuma disciplina. Por isto, o aluno deve ficar atento às datas de matrícula.
    O período de abandono é computado para o tempo máximo de integralização do curso, ou seja, a quantidade de semestres de que o aluno dispõe para concluir seu curso, sem risco de perda de sua vaga na UECE;


    9) Como sair da situação de abandono de curso?

    Resposta: O aluno em situação de abandono de curso, para restabelecer o vínculo formal com a Instituição, deve solicitar a readmissão após abandono, em período estipulado no Calendário Acadêmico. Isto significa que, no semestre de perda da matrícula, o aluno não poderá cursar nenhuma disciplina. Por isto, deve ficar atento às datas de matrícula. As datas para solicitação de readmissão após abandono estão previstas no Calendário Acadêmico da UECE, site www.uece.br


    10) Quando o(a) aluno(a) pode realizar Matrícula Institucional?

    Resposta: Em situações excepcionais, em que o aluno se encontra impedido de dar continuidade ao curso, existe um instrumento ao qual é possível recorrer – a Matrícula Institucional. Esse tipo de matrícula garante a sua permanência como aluno na Universidade, sem o compromisso de cursar qualquer disciplina no semestre vigente. O aluno poderá renová-la semestralmente, por no máximo 09 (nove) semestres letivos contínuos ou descontínuos (quatro anos e meio).


    11) Como se dá o trancamento de Matrícula?

    Resposta: Em condições também especiais, em que não lhe seja possível cursar as disciplinas em que o aluno se matriculou, é possível realizar trancamentos, se o aluno for de curso presencial. Para os cursos semipresenciais o trancamento de matricula somente ocorrerá quando houver oferta das disciplinas objeto do trancamento, no mesmo curso e no mesmo polo, em turma subseqüente.

    • Para trancamento parcial: o aluno solicita à Pró-Reitoria de Graduação, em data prevista no Calendário Acadêmico da Universidade, o trancamento de uma ou mais disciplinas. O aluno deve permanecer matriculado em, no mínimo, 12 (doze) créditos. Reforçamos que os alunos matriculados compulsoriamente no primeiro semestre do curso não podem optar por esse tipo de trancamento.
    • Para trancamento total: o interessado deve solicitar à PROGRAD, em qualquer época do período letivo, o trancamento de todas as disciplinas, motivado por uma das três situações a seguir: a) doença grave ou gestação, atestada por serviço médico habilitado; b) mudança de domicílio para outra cidade ou estado e c) obrigação de natureza militar, comprovada por documentação específica.
    O trancamento total de matrícula é válido somente para o período letivo em que o aluno solicitou, devendo, se for de seu interesse, ser renovado a cada semestre, até o máximo de 09 semestres. Caso ultrapasse este limite, perderá o direito à matrícula. O trancamento não será contabilizado para o tempo de integralização curricular.


    12) Quais outras formas de ingresso em cursos de Graduação?

    Resposta: Além do vestibular, há outras formas de ingresso nos cursos de graduação da UECE: transferência ex-officio, transferência facultativa (interna e externa), mudança de curso e admissão de graduados.

    • Transferência

      É a forma de admissão de estudantes de outros estabelecimentos de ensino superior, nacionais ou estrangeiros, no decorrer do curso. Pode ser de aceitação obrigatória (ex-officio) ou facultativa:

      • obrigatória (ex-officio): será concedida independente de vaga e de época, beneficiando o servidor público ou militar que tenha sido transferido por interesse da instituição à qual está vinculado e seus dependentes (Lei nº 9536/97);
      • facultativa: admissão de estudantes procedentes de outras instituições de ensino superior mediante processo seletivo disciplinado por edital e resolução da própria UECE, sempre em observância do calendário acadêmico.
    • Mudança de Curso

      O aluno(a) poderá solicitar, uma única vez, mudança de curso dentro de sua unidade (Centro/Faculdade) de ingresso. A disponibilidade de vagas com essa finalidade é disciplinada por edital e resolução da própria UECE, de acordo com o Calendário Acadêmico.

    • Ingresso como Graduado

      Os portadores de diploma de curso de bacharelado ou licenciatura plena poderão solicitar ingresso em outro curso de graduação. Para esse fim a UECE publica edital e resolução disciplinando o processo seletivo e o número de vagas disponíveis, observando o calendário acadêmico.


    13) Como ingressar nos cursos de graduação da UECE utilizando a seleção do ENEM/SISU

    Resposta: A UECE ainda não utiliza o exame do ENEM como método de seleção para ingresso de alunos nos cursos regulares de graduação.


    14) Há perspectiva da UECE de aderir ao ENEM/ SESU

    Resposta: Não há nenhuma definição de data para que a UECE passe a selecionar seus alunos pelo ENEM.


    15) Como realizar Aproveitamento de Estudos?

    Resposta: Ao ingressar em um Curso de Graduação da UECE, o aluno poderá pleitear o aproveitamento de estudos já realizados anteriormente, em cursos de bacharelado ou de licenciatura reconhecidos. Esse procedimento poderá dispensá-lo de realizar disciplinas do curso em que se matriculou, desde que o requeira no período previsto no Calendário Acadêmico.

      Farão jus a este aproveitamento
    • transferidos de outras IES;
    • estudantes que mudaram de curso;
    • graduados que ingressaram na UECE para novo curso;
    • graduandos que se submeteram a vestibular para outro curso, desistindo do anterior.


    16) Como ocorre a Avaliação do Desempenho Acadêmico?

    Resposta:

    A avaliação da aprendizagem acerca das disciplinas abrange os aspectos de assiduidade e eficiência nos estudos, ambos eliminatórios por si mesmos.

    • Para que o aluno seja considerado aprovado é necessário que obtenha:
      • no mínimo, 75% de frequência às aulas e às atividades nelas desenvolvidas, para ser aprovado por assiduidade;
      • notas suficientes nas avaliações da aprendizagem, obedecendo às seguintes condições:
        • aprovação por média – se o aluno obtiver média aritmética igual ou superior a 7 (sete), entre as Notas Parciais de Conhecimento (NPC), realizadas durante o período letivo;
        • exame final – se o aluno não obteve média 7 nos NPC, poderá realizar o exame final, desde que tenha média igual ou superior a 4 (quatro);
        • aprovação por exame final – caso submeta-se ao exame final, o aluno estará aprovado na disciplina se obtiver nota igual ou superior a 3 (três) e Média Final (MF) igual ou superior a 5 (cinco).
        E ainda...
    • Se o aluno não comparecer a uma das avaliações deverá, no prazo de três dias, requerer segunda chamada à Coordenação do Curso.
    • Em casos de observância de utilização de processo fraudulento durante a realização das avaliações, será atribuída nota ZERO aos sujeitos envolvidos.
    • O professor tem autonomia de julgamento e liberdade na formulação e valoração de questões e na fixação de duração das avaliações e de prazos para entrega de trabalhos, observando-se, em qualquer caso, os limites estabelecidos no Calendário Acadêmico. No caso dos cursos semipresenciais, os instrumentos de avaliação são únicos para todas as turmas de uma mesma disciplina.
    • O aluno poderá solicitar revisão de notas, à Coordenação do Curso, no prazo de três dias, após a divulgação da nota.


    17) Quantas horas/aula corresponde 01 (um) crédito na graduação?

    Resposta: 17 (dezessete) horas/aula


    18) O que é o Estágio Curricular?

    Resposta:

    O Estágio Curricular é uma atividade recomendada pelas Diretrizes Curriculares Nacionais dos cursos de graduação e representa elemento indispensável para a formação profissional. Constitui importante etapa de aquisição e aprimoramento de conhecimentos e de habilidades essenciais na sua área profissional, fundamentando-se na integração teoria e prática e nos conceitos de competências e habilidades para o mundo do trabalho.

    Existem duas modalidades de estágio curricular: o estágio curricular obrigatório e o estágio curricular não-obrigatório, que poderão ser remunerados ou não.

    Nos cursos de graduação da UECE o estágio curricular obrigatório é coordenado pela Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD) e está caracterizado como disciplina. No estágio o aluno desenvolverá atividades em empresas, instituições e entidades públicas ou privadas, sob supervisão docente. No semestre indicado, o aluno deverá efetuar sua matrícula na referida disciplina, cabendo às coordenações de curso as orientações e encaminhamentos devidos.

    Já o estágio curricular não-obrigatório é coordenado pela Pró-Reitoria de Extensão (PROEX), que centraliza toda a organização e contato com as agências de intermediação de estágios que mantêm parceria com a UECE. Para maiores informações procure a PROEX ou ligue para o Telefone: 3101-9655. Email: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.


    19) O que são as Atividades Complementares?

    Resposta:

    As Atividades Complementares visam a contribuir para uma formação mais completa, favorecendo a ampliação do seu universo cultural, por meio da flexibilidade curricular e da pluralidade de atividades e espaços no seu processo formativo. Na UECE, a RESOLUÇÃO Nº 3241/CEPE, de 05 de outubro de 2009, estabelece os critérios e as normas para institucionalização das Atividades Complementares como componente curricular dos Cursos de Graduação.

    Toda e qualquer atividade extra sala de aula, seja de aprofundamento e/ou ampliação da formação profissional e que guarde correlação ou conexão com áreas de conhecimento do seu curso de graduação, poderá ser incluída nesta categoria. São exemplos de Atividades Complementares: eventos científicos, cursos de informática, cursos de línguas, monitoria, pesquisas de iniciação científica, estágios não obrigatórios, atividades esportivas, culturais, dentre outras. Para integralizarem seu currículo, as atividades complementares devem ser avaliadas pela coordenação de cursos.


    20) Quais os programas e bolsas coordenados pela PROGRAD?

    Resposta:

    • Programa de Monitoria Acadêmica (PROMAC)

      O PROMAC visa à formação do aluno com foco na docência do ensino superior. Nesse Programa, o estudante desempenha a função de assistente do professor, possibilitando ampliar o conhecimento em áreas específicas, despertar o interesse pela docência, desenvolver habilidades e aptidões em disciplina de especial interesse.

      Para tornar-se monitor, o aluno se submeterá a um processo seletivo, que ocorre uma vez a cada ano, disciplinado por edital e divulgado pela PROGRAD junto à Comunidade Acadêmica.

    • Programa de Educação Tutorial (PET)

      O PET visa a preparar o aluno para docência com ênfase na dimensão da pesquisa. O Programa se desenvolve a partir de um projeto de investigação, em que os bolsistas, no transcorrer do Programa, apresentam artigos, participam de encontros científicos. A culminância do PET se dá com a elaboração de um projeto de pesquisa que poderá ser submetido à seleção de mestrado.

      Atualmente, existem 07 grupos PET na UECE: Serviço Social (CESA), Enfermagem (CCS), História (FAFIDAM), Geografia e Ciência da Computação (CCT), Ciências Biológicas (CCS) e Ciências Sociais (CH). Para participar, o aluno deve está matriculado em um destes cursos e submeter-se a processo seletivo, cujo edital será divulgado nas coordenações.

    • Projeto de Reorientação na Formação Acadêmica dos Cursos de Graduação da Área da Saúde da Universidade Estadual do Ceará (Pro-Saúde/Pet-Saúde)

      A proposta do PRO-SAÚDE/PET-SAÚDE é o direcionamento do processo ensino-aprendizagem da área específica da saúde para novas metodologias. Com isso se pretende potencializar a integração universidade-serviço de saúde-comunidade; a convivência produtiva entre docentes/discentes; a integração da graduação com a pós-graduação; a formação de alunos capacitados para desenvolver o pensamento crítico para a realidade vivenciada, bem como preparados para a atuação no cenário político.

      Objetiva promover a reorientação da formação profissional dos oito cursos da área da saúde e da UECE tomando como eixo a abordagem integral do processo saúde doença, nos três níveis de atenção, através do:

      • Redirecionamento do processo ensino-aprendizagem nos cursos visando atender aos princípios do SUS, priorizando o atendimento em rede;
      • Promoção da integração entre os cursos da área da saúde numa perspectiva holística e interdisciplinar;
      • Construção de estratégias pedagógicas que visem às ações coletivas e que promovam a progressiva autonomia do aluno no processo de ensino-aprendizagem;
      • Fortalecimento da integração ensino-serviço, ampliando a duração da prática educacional dos cursos da área da saúde na atenção primária, secundária e terciária.

      Estão envolvidos os cursos: Ciências Biológicas, Educação Física, Enfermagem, Medicina, Medicina Veterinária, Nutrição, Psicologia e Serviço Social. O projeto é coordenado pelo Centro de Ciências da Saúde.

    • Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID)

      O PIBID é direcionado para os cursos de licenciatura. Tem como foco a aprendizagem da profissão docente, mediante o contato direto dos bolsistas com os afazeres característicos do trabalho do professor, inseridos no contexto da educação básica.

      Atualmente, O PIBID atende a alunos de 09 áreas da licenciatura, distribuídos entre os 07 campi da UECE: Itaperi (Educação Física/CCS, Matemática/CCT e Pedagogia/CED); CH (Ciências Sociais e Filosofia); FECLESC (Física, Matemática e Química); FECLI (Ciências Biológicas, Física e Matemática); CECITEC (Ciências Biológicas e Química); FAEC (Ciências Biológicas, Pedagogia e Química), FACEDI (Pedagogia e Ciências Biológicas) e FAFIDAM (Pedagogia, Letras, Geografia e História).

    • Programa de Licenciaturas Internacionais (PLI)

      O PLI é um programa destinado aos estudantes de cursos de licenciatura, que promove graduação sanduíche em universidades estrangeiras, conferindo-lhes dupla diplomação. A UECE, atualmente, mantém convênio firmado com a Universidade do Porto – Portugal para o intercambio de estudantes de cursos de licenciatura em Física, Matemática, Química e Ciências Biológicas. A primeira turma, composta de 7 alunos, está realizando o Programa de setembro de 2012 a agosto de 2014. A segunda turma, composta por 13 alunos, iniciou as atividades em setembro de 2013 e ficarão na Universidade portuguesa até 2015.

    • Programa Estudante-Convênio de Graduação (PEC-G)

      O PEC-G oferece oportunidades de formação superior a cidadãos de países em desenvolvimento com os quais o Brasil mantém acordos educacionais e culturais. Desenvolvido pelos ministérios das Relações Exteriores e da Educação, em parceria com universidades públicas – federais e estaduais – e particulares, o PEC-G seleciona estrangeiros, entre 18 e 25 anos, com ensino médio completo, para realizar estudos de graduação no país.


    21) O que é necessário para requerer 1ª via do diploma?

    Resposta: A 1ª via do diploma não precisa ser requerida pelo aluno, tendo em vista que o DEG providenciará no período da Colação de Grau.


    22) O que é necessário para requerer 2ª via do diploma?

    Resposta: O aluno deve requerer junto ao Departamento de Ensino e Graduação/UECE, a 2ª via do diploma, apresentando os seguintes documentos: cópia da identidade, CPF, certidão de nascimento ou casamento, boletim de ocorrência, comprovante de que não há débito com a Biblioteca Central e pagar taxa no valor de R$ 50,00 (cinqüenta reais), na Conta Corrente nº 258-0, Agência 0919-9, Operação 006, Banco 104, Caixa Econômica Federal


    23) Informações sobre Colação de Grau

    Resposta: As colações de Grau na UECE ocorrem semestralmente e estão previstas no Calendário Acadêmico, no site www.uece.br


    24) Como proceder para solicitar histórico escolar e programa/ementas de disciplinas?

    Resposta: O histórico escolar deve ser retirado pelo próprio aluno do site da UECE, no link aluno on line. Os programas de disciplinas devem ser requeridos junto às Coordenações de Curso.


    25) Qual setor trata de revalidação de diplomas de graduação e como deve ser o procedimento?

    Resposta: Anualmente, mediante chamada pública, a UECE estabelece as regras operacionais para receber e processar os pedidos de Revalidação de Diplomas de Graduação por Estabelecimento Estrangeiro de Ensino.

  17. COMISSÃO EXECUTIVA DO VESTIBULAR – CEV
  18. 1) Quantos vestibulares a UECE realiza por ano?

    Resposta: A UECE através da Comissão Executiva do Vestibular realiza dois vestibulares, sendo 01 a cada semestre.


    2) Como tomar conhecimento das inscrições do vestibular?

    Resposta: O interessado deve aguardar o lançamento do Edital acessando o site www.uece.br/cev, o qual conterá informações como: datas, oferta de cursos, vagas, valor a ser pago, conteúdos entre outros.


    3) Quem tem direito a isenção do vestibular?

    Resposta: São contemplados com isenção do pagamento da taxa de inscrição para o Vestibular, os candidatos interessados em ingressar nos cursos de graduação regular da UECE, conforme descrição abaixo:

    • 4.1 Professor ou funcionário da FUNECE e professor ou funcionário cedido à FUNECE;
    • 4.2 Filho ou dependente legal (por decisão judicial) de professor ou de funcionário da FUNECE e filho ou dependente legal (por decisão judicial) de professor ou de funcionário cedido à FUNECE;
    • 4.3 Doador de sangue no Estado do Ceará;
    • 4.4 Egresso do Ensino Médio, que tenha cursado com aprovação, todo o Ensino Médio regular, durante três anos letivos (1o, 2o e 3o anos), em escolas públicas (municipal, estadual ou federal) de funcionamento regular no Estado do Ceará;
    • 4.5 Aluno que esteja cursando o segundo semestre do 3o ano do Ensino Médio em escola pública (municipal, estadual ou federal) de funcionamento regular no Estado do Ceará e que tenha cursado o 1o semestre do 3o ano em escola pública (municipal, estadual ou federal), bem como o 1o e o 2o anos do Ensino Médio, com aprovação, também em escola pública (municipal, estadual ou federal) de funcionamento regular no Estado do Ceará.

    Para os itens 4.4 e 4.5 serão concedidas, no máximo, duas isenções. A primeira concessão de isenção equivale a 100% (cem por cento) do valor da taxa de inscrição e a segunda, a 50% (cinquenta por cento) do valor da referida taxa;

    Tendo em vista os custos do processo, após a concessão da isenção, a decisão do beneficiário de não a usufruir será considerada e contada como uma concessão já deferida, quando o mesmo solicitá-la pela segunda vez.


    4) Além do vestibular, quais outras atividades a CEV/UECE desenvolve?

    Resposta: Além dos concursos “internos” para professores da FUNECE, a CEV/UECE desenvolve outras seleções (Transferências, Readmissão de Graduados...) e também concursos para outras instituições públicas ou privadas.