Secretarias e Órgãos
Telefones úteis
Redes Sociais

Calendário
Novembro 2018
D 2a 3a 4a 5a 6a S
28 29 30 31 1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 1
Noticias
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Uece faz Seminário de Língua e Cultura Húngara com presença de comitiva da ELTE
PDF
Imprimir
E-mail
Qui, 01 de Novembro de 2018 18:31

 

A comitiva foi recebida no Gabinete da Reitoria, no Campus Itaperi

Como mais um resultado da parceria entre as universidades Estadual do Ceará (Uece) e Eötvös Lorànd (ELTE), da Hungria, foi realizado nos dias 29 e 30 de outubro, nos campi Itaperi e Fátima, o Seminário de Língua e Cultura Húngara.

 

alt

 

Com a participação de comitiva da Hungria e do cônsul geral no Ceará, o evento teve início na Sala dos Órgãos de Deliberação Coletiva (SODC), Campus Itaperi, onde aconteceram cinco palestras sobre língua e cultura húngara e uma apresentação de canto lírico.

O reitor da Uece, professor Jackson Sampaio, ao saudar a comitiva e os participantes, relembrou os primeiros passos dados, em 2015, em direção à parceria. Contou que os contatos foram iniciados durante visitas de comitivas da Uece à Hungria saudando, em especial, o professor que foi o "elo de ligação" entre as instituições: István Major.

 

alt

 

O reitor da ELTE, professor László Borhy, destacou sua alegria diante das realizações da parceria. "Estou muito emocionado pelo interesse que parte de alunos e professores pela nossa cultura e língua. (...) Queremos dar continuidade a esta cooperação e oferecer, a médio e longo prazo, mais possibilidades aos alunos que estudam húngaro na Uece".

 

alt

 

Para o cônsul János Füzessi, foi gratificante ver o trabalho realizado pelos reitores e os esforços dos estudantes, além de destacar sua satisfação com a parceria e com o evento "É um sonho o que se realiza hoje", comemorou.

 

alt

 

O secretário geral da Confederação dos Reitores Húngaros, Zoltán Dubéczi, anunciou durante o evento que os cinco melhores alunos do curso de Húngaro da Uece ganharão uma bolsa para um estudo de imersão durante 15 dias em Budapeste.

 

alt

 

Gabriella Szemerey, diretora da Fundacao Pallas Athenae Domus Animae, destacou que os resultados do projeto com a USP contribuíram para a parceria com a Uece, sendo essas as duas únicas universidades brasileiras a oferecer o curso. "Apoiar esse projeto é uma tarefa muito importante para nós. Esse é segundo curso de cultura e língua húngara no Brasil, que conta com o trabalho de todos vocês nessa missão".

 

alt

 

O acordo de cooperação internacional entre Uece e ELTE já proporcionou à sociedade cearense diversos benefícios, dentre eles a criação do Leitorado de Língua e Cultura Húngara da Uece e o curso de Húngaro, que têm a frente o professor Bálint Urbán.

 

alt

 

Welington Saraiva é aluno do curso no Campus Fátima e conta como surgiu seu interesse pela cultura húngara. "Surgiu a partir do exótico, do novo, pois não é uma cultura tão difundida no Ceará. Essa conexão com um idioma europeu vem agregar à questão cultural, ao aprendizado e ao nosso desenvolvimento como ser humano". Para o aluno Daniel Moreira, "fazer esse curso tem sido uma experiência fantástica, pois ele abre portas. É como se você entrasse em uma nova cultura, que não é tão conhecida em nosso estado e nem no Brasil". Já Emanuel Silva, pensando na possibilidade oferecida pelo secretário geral Zoltán Dubéczi, deseja conhecer Budapeste. "A minha maior expectativa agora é um dia conhecer a Hungria".

 

alt

 

Durante o evento foram realizadas as palestras "O sistema do ensino superior da Hungria: perspectivas e desafios", "Latinidade na Hungria - A história da Pannonia na época romana", "Divagações sobre a origem dos húngaros: hunos, turcos ou fino-ugóricos", "Húngaro ou magiar? - etimologias e genealogias míticas dum povo" e "Performatividade e poesia na literatura húngara contemporânea", além ainda da apresentação de canções folclóricas na performance de Dorottya Bánkövi, bolsista do Centro de Desenvolvimento de Talentos da Bacia dos Cárpatos. No Campus Fátima, no dia 30 de outubro, aconteceu, além de palestras, exibição de filmes, músicas e poesias.

 

alt

 

Estiveram também presentes no evento o professor da ELTE, tradutor e coordenador do Centro Científico Brasileiro da Hungria, Pál Ferenc; os palestrantes Bálint Urbán e Dániel Levente Pál, além da coordenadora do Escritório de Cooperação Internacional (ECInt/Uece), Sônia Castro; o chefe de gabinete da Reitoria da Uece, Edmar Pereira; pró-reitores, diretores de Centros, coordenadores do Núcleo de Línguas e professores da Uece.

 

alt

 

alt

 

alt

 

Clique aqui e leia mais sobre a história e realizações dessa parceria.