Secretarias e Órgãos
Telefones úteis
Redes Sociais

Calendário
Junho 2018
D 2a 3a 4a 5a 6a S
27 28 29 30 31 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
Noticias
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Disciplina inédita do curso de Veterinária da Uece associa ensino de solidariedade
PDF
Imprimir
E-mail
Seg, 11 de Junho de 2018 14:02

 

alt

 

Na última sexta-feira (08/06), estudantes da disciplina “Liderança Solidária e Ação Social” da Faculdade de Veterinária (Favet), da Universidade Estadual do Ceará (Uece), liderada pelo professor Ricardo Figueiredo, participaram de um Seminário sobre a entrega de doações a sete instituições filantrópicas de Fortaleza - trabalho fruto das atividades da disciplina. O encerramento da disciplina também ocorreu na sexta-feira, às 13h30, na sala de aula do Laboratório de Manipulação de Oócitos e Folículos Ovarianos PréAntrais (Lamofopa), com apresentações organizadas pelos alunos relatando as suas experiências e resultados obtidos na realização das ações sociais.

Segundo Ricardo Figueiredo, professor disciplina e presidente da ONG Grupo Cristão Mãos de Luz (GCML), essa é a primeira turma em andamento - atualmente com mais de dez alunos. “Os estudantes aprendem a localizar a instituição, fazer o diagnóstico da situação e saber o que ela precisa, além de pensar na estratégia de mobilização de pessoas e arrecadação dos itens necessários e, por fim, na entrega no dia da ação”, explica. Ricardo Figueiredo informa ainda que a ideia de criar a disciplina foi fruto da experiência acumulada na ONG, que, nos últimos dois anos, ajudou mais de oito mil pessoas no Estado por meio de quatro projetos. “É uma instituição sem bandeira religiosa e apartidária, que congrega católicos, evangélicos e espíritas com o objetivo de fazer caridade e ação social”, enfatizou.

 

alt

Inovando em relação ao modelo tradicional de ensino, o curso de Medicina Veterinária da Favet/Uece  lançou de forma inédita a disciplina optativa denominada Liderança Solidária e Ação Social. O diferencial dela é poder associar ensino teórico dinâmico com ações sociais beneficentes, além dos muros da Universidade, permitindo aos alunos o conhecimento e a vivência de contrastes sociais. Além do professor responsável pela disciplina, participam do processo de ensino colaboradores membros da ONG, voltada para a realização de projetos sociais, bem como empresários especializados em planejamento estratégico (Plataforma Canvas) e “Coaching”, bem como representantes de instituições caritativas beneficentes.

Na avaliação de Ricardo Figueiredo, o resultado da disciplina foi impressionante e superou em muito as expectativas dele e da coordenação do curso. “É importante ressaltar que, por se tratar de uma proposta inovadora (experimental), alguns alunos matriculados ficaram temerosos e optaram por trancar a matrícula. Entretanto, 13 alunos aceitaram o desafio e fizeram história. Além dos dois créditos da disciplina, esses alunos receberão também da coordenação da veterinária e do GCML um certificado de coordenador de projeto de ação social que certamente fará diferença em seus currículos”, afirma o professor.

 

alt

As caravanas solidárias organizadas pelos alunos da Favet foram organizadas dividindo 13 alunos em duplas – cada qual ficou responsável por uma instituição carente, sendo quatro abrigos de crianças, uma abrigo de idosos, uma abrigo de moradores de rua e uma abrigo de animais.

O evento contou com a presença de 32 participantes, sendo 13 professores da Favet, oito do curso de Nutrição e dois do Centro de Estudos Sociais Aplicadas (Cesa), além de 17 alunos, sendo 13 da própria disciplina. Os discentes demonstraram habilidades de liderança, recrutando 144 voluntários para suas ações sociais, beneficiando sete instituições carentes que atendem cerca de 298 pessoas entre crianças, idosos e moradores de rua e uma instituição que abriga 200 animais abandonados.

 

alt

 

Todos os alunos se emocionaram em relatar as suas experiências e falaram da importância da liderança para trabalhar com imprevistos e com a indiferença de muitas pessoas em relação ao sofrimento alheio. Foram arrecadados dinheiro, além de centenas de itens alimentícios (alimentos não perecíveis) e de higiene pessoal (fraldas geriátricas, sabonetes, xampus etc.). O propósito agora é estimular outros cursos da Uece, bem como de outras universidades/faculdades, públicas ou privadas, a ofertarem a disciplina solidária. “Vale ressaltar que um dos objetivos do planejamento estratégico do GCML é facilitar a implantação da disciplina de liderança solidária em outras instituições de ensino”, enfatiza o professor.

Estavam presentes além do Professor Ricardo Figueiredo, o diretor do Centro de Estudos Sociais Aplicadoos (Cesa), Vladimir Spinelli, o diretor da Faculdade de Veterinária, José Nailton Bezerra, a representante do Centro de Ciências da Saúde (CCS), Derlange Belizário Diniz, os professores Isaac Neto Goes da Silva, William Cardoso Maciel, ambos da Favet, demais professores e acadêmicos da Uece.