Secretarias e Órgãos
Telefones úteis
Redes Sociais

Calendário
Junho 2018
D 2a 3a 4a 5a 6a S
27 28 29 30 31 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
Noticias
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Acessibilidade: Uece prepara servidores para receber público surdo
PDF
Imprimir
E-mail
Sex, 13 de Abril de 2018 17:36

 

A Universidade Estadual do Ceará (Uece), por meio de sua Comissão Permanente de Acessibilidade e Mobilidade das Pessoas com Deficiência (CPAcesso), certificou na última terça-feira (10/04), no Campus Itaperi, os primeiros nove servidores que concluíram o Curso Básico de Língua Brasileira de Sinais (Libras).

 

alt

 

A primeira turma foi iniciada em fevereiro de 2017. Com carga horária de 60h, entre aulas teóricas e práticas, o curso foi concluído em dezembro.

 

alt

 

De acordo com as coordenadoras do curso, professora Cléia Feitosa e Jane Menezes, o projeto é considerado de grande importância, pois promove a inclusão social da Comunidade Surda por meio do conhecimento da Libras. Além disso, o curso básico contribui para o enriquecimento curricular dos funcionários técnicos administrativos e professores, visto que lhes proporciona o conhecimento da língua para melhor se comunicar e atender ao público surdo.

 

alt

 

Para o reitor Jackson Sampaio, trata-se de duas grandes vitórias para a comunidade surda: "É fantástico ver a conquista do direito da Libras como uma língua (...). Parabéns para todos nós que tomamos a decisão de realizarmos o curso para nossos servidores". O reitor parabenizou, sobretudo, os nove concludentes que podem, agora, melhor contribuir com o desenvolvimento dessa cultura na Uece.

Segundo a concludente e servidora terceirizada da Procuradoria Jurídica da Uece, Juliana Teobaldo, "o curso foi uma experiência instigante e prazerosa, pois, a partir dele pude saber mais sobre o universo da surdez. As professoras foram brilhantes em nos passar o conteúdo. Estimularam o nosso desenvolvimento e nos propiciaram a interação com esse público".

A Uece ofertará agora para esses servidores o Curso Intermediário e, diante dessa nova possibilidade, Juliana concluiu: "Estou ansiosa para continuar o nível avançado. É importantíssimo que no ambiente universitário estejamos preparados para atender esse público, e é gratificante saber que agora tenho a ferramenta necessária para me comunicar e também ajudá-los, seja no meu trabalho, no supermercado, ou na fila de um banco. A Libras, além de essencial, é apaixonante".

 

alt

 

O curso, bem como a CPAcesso, conta com a parceria das Pró-Reitorias de Planejamento (Proplan) e de Extensão (Proex), além ainda do apoio da Secretaria de Apoio às Tecnológicas Educacionais (Sate).

Os pró-reitores Fernando Antonio dos Santos (de Planejamento) e Fernando Roberto Ferreira Silva (de Extensão) estiveram também presentes na cerimônia e ressaltaram a importância do projeto diante da implantação da Lei Estadual nº 16.197/2017, que dispõe sobre a instituição do sistema de cotas nas instituições de ensino superior do estado.  Em seu Art. 3º diz que "as Instituições públicas de Educação Superior do Estado do Ceará reservarão em cada concurso seletivo para ingresso nos cursos de graduação, por curso e turno, no mínimo 3% de suas vagas para estudantes comprovadamente com necessidades especiais".

O curso contou com a contribuição das intérpretes Elodia Holanda e Eloisa Holanda, e com a participação especial dos intérpretes Adriana Costa e Tony Grangeiro. Estiveram também presentes no evento os pró-reitores de Graduação, Jerffeson Teixeira de Souza, e de Administração, Carlos Heitor Sales; e o diretor do Centro de Ciências e Tecnologia de Tauá (Cecitec/Uece), Isaías Batista de Lima.

 

Leia mais

Curso Básico de Libras recebe inscrições até quarta-feira (18/04)