Secretarias e Órgãos
Telefones úteis
Redes Sociais

Calendário
Novembro 2017
D 2a 3a 4a 5a 6a S
29 30 31 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 1 2
Noticias
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Nota da Reitoria sobre Segurança no Campus Itaperi
PDF
Imprimir
E-mail
Ter, 07 de Novembro de 2017 14:37

 

A análise das notificações oficiais referentes a agressões à segurança do Campus Itaperi, envolvendo patrimônio público, patrimônio privado e pessoas, no triênio 2015/2017, oferece o quadro abaixo, comentado em seguida.

 

 

No ano de 2015, ocorreram 38 notificações, média de 3,2/mês, com o perfil: arrombamento de carro e furto (14), arrombamento de sala/laboratório e furto (13), furto de celular (09), furto de moto (01) e furto de dinheiro (01). No ano, houve pequena, mas crescente capacidade de recuperar os bens perdidos, por meio de esforço interno, embora a crescente perda de postos de segurança.

No ano de 2016, ocorreram 60 notificações, média de 5/mês, com o perfil: arrombamento de sala/laboratório e furto (41), furto de celular (10), arrombamento de carro e furto (06), furto de dinheiro (02) e furto de moto (01). O pico, maio/agosto, foi enfrentado pela parceria com 5ª DP e PEFOCE, resultando em boa capacidade de recuperação dos bens perdidos. Os moradores do entorno do Campus deram apoio extraordinário na recuperação dos instrumentos musicais roubados e na prisão dos malfeitores. O desafio era enfrentar a dimensão preventiva, mesmo em meio à crise financeira do Estado.

Avançamos: criamos comitê de segurança, que se reúne semanalmente; criamos comissão com estudantes e movimentos sociais para monitoramento de excessos; modificamos completamente a logística de distribuição dos efetivos de segurança; e estabelecemos, com divulgação para toda a comunidade, algumas regras básicas de comportamento:

1 - acesso ao Campus Itaperi fechado das 22h30 às 06h dos dias úteis, das 18h às 06h dos sábados e fechamento total aos domingos e feriados;
2 - para quem necessite trabalhar nos períodos de acesso fechado, foi aberta a possibilidade de ofício à PROAD, solicitando entrada e indicando lista nominal dos autorizados; e
3 - a identificação dos listados, junto à Portaria, visa conferir autorização, protegendo o trabalho das pessoas e o processo de controle.

Nos 10 meses de 2017, ocorreram 13 notificações, média de 1,3/mês, com três delas de nova natureza (atentado ao pudor entre alunos, violência entre alunos e violência de aluno contra professor), exigentes de outro tipo de intervenção. Se comparadas com o que elas repetem do padrão de 2015/6, resultam, na verdade, em média de 1/mês. Estas 10 notificações apresentam o seguinte perfil: arrombamento de sala/laboratório e furto (6), arrombamento de carro e furto (2) e furto de celular (2). Destaque-se que nos seis casos de arrombamento de sala, em três deles o furto foi frustrado na hora e indivíduos presos.

Não existe nenhuma segurança, republicana e democrática, sem a participação da comunidade, em defesa própria e da instituição, também no alerta quando algum agente de segurança extrapola seu papel. Sejamos atentos e críticos, mas parceiros, com pactuação responsável de tarefas e confiança mútua, pois os bons resultados se farão sentir.

 

José Jackson Coelho Sampaio         Hidelbrando dos Santos Soares

 Presidente da FUNECE                    Vice-Presidente da FUNECE

Reitor da UECE                               Vice-Reitor da UECE

 

 

alt