Secretarias e Órgãos
Telefones úteis
Redes Sociais

Calendário
Maio 2017
D 2a 3a 4a 5a 6a S
30 1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31 1 2 3
Noticias
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Jovem da zona rural é aprovado em Medicina
PDF
Imprimir
E-mail
Sex, 17 de Março de 2017 17:59

 

Com ajuda do UeceVest, o jovem que "tirava leite das vacas e plantava capim na roça" é aprovado em Medicina e se torna o primeiro da família a fazer um curso de nível superior.

Rafael Fernandes de Oliveira Lopes, de 18 anos, se enxergava um tanto diferente, pois sonhava com algo que muitos ao seu redor acreditavam não passar de uma ilusão, de uma loucura. O rapaz que cresceu na zona rural, em um sítio chamado Sabiá, distrito de Jaguaribara-CE, e que tinha uma rotina típica da região, queria algo mais.

O jovem sonhava em usar um jaleco branco, ser chamado de doutor e dar orgulho a sua família, porém, ele sabia que, para que o sonho fosse concretizado, ele teria que estudar muito e enfrentar desafios que ele estava disposto a encarar.

Seu dia a dia era uma combinação de escola e tarefas no sítio. "Ajudava meu avô na roça, ia buscar e plantar capim, tirar leite das vacas. Eu não tive muita infância. Sempre precisei ser muito responsável", desabafa Rafael. Não que responsabilidade fosse um problema pra ele. O jovem, mesmo antes de desejar ser médico, era muito estudioso e dedicado, ao mesmo tempo em que tinha prazer em ajudar seu avô, que o criou, no Sítio Sabiá.

Assim, aos 17 anos, em 2016, Rafael resolveu, com sua mochila como companheira, seguir para a capital cearense. Aqui morou na casa de duas tias que muito o apoiaram na busca de seu objetivo.

Contudo, duvidando por um período de sua própria capacidade, o garoto jaguaribarense resolveu optar por outro curso não tanto menos concorrido. Tratava-se de uma Engenharia, a de Energias e Meio Ambiente. Rafael foi aprovado na Universidade Federal do Ceará (UFC), frequentou o curso por, aproximadamente, dois meses, quando percebeu que o que estava fazendo era deixando o seu verdadeiro sonho de lado. Foi quando trancou a faculdade e procurou ajuda no Cursinho Pré-Universitário UeceVest.

 

alt

 

"No cursinho, eu aprendi a aproveitar e a otimizar o tempo para aprofundar meus conhecimentos nas disciplinas, exercitando, principalmente, Redação e Matemática, pois acredito que um dos segredos para ter um bom resultado no Enem é dar mais atenção àquilo que pode ser um diferencial na sua aprovação. O UeceVest me ajudou muito nisso", enfatizou Rafael.

O jovem confessou que não foi um período fácil, mas que seu objetivo estava novamente firme em seus pensamentos. "Gosto muito de ajudar as pessoas, tenho prazer e quero fazer a diferença na vida delas".

Com a nova rotina de estudos, Rafael conseguiu se dedicar mais, absorvendo tudo o que fosse possível nas aulas do UeceVest. "Tive um professor, o Franzé, que frisava muito uma coisa: o tema da Redação, pode ser qual for, você sempre pode desenvolver um texto, você sempre pode defender uma ideia. Essa observação agradeço muito ao UeceVest e ao Franzé. O Cursinho me deu, acima de tudo, maturidade para estudar".

Foi com essa maturidade e dedicação que Rafael Fernandes chegou aonde queria. Conquistou o tão sonhado lugar numa sala de aula para estudar Medicina, também na UFC. Essa é a segunda aprovação, no mesmo ano, de um aluno do UeceVest no curso.

Para o coordenador do UeceVest, professor Eddie Willian Santana, "o fato dessas aprovações é o atestado de todo esforço que colocamos nesse projeto que mostra que, apesar de ser um cursinho popular, o UeceVest está alcançando seu objetivo que é o de dar condições reais aos seus alunos de passar na Medicina da Uece, da UFC, ou de qualquer outro curso de qualquer outra universidade que eles queiram passar".

Agora calouro, o jovem que estudou em escolas públicas e teve o cursinho financiado por seu padrinho, Francisco Edésio, se enxerga daqui a alguns anos como "um profissional realizado e orgulhoso, pois serei o primeiro da família a fazer um curso de nível superior", celebra Rafael com brilho nos olhos.

"Mesmo ao lado de pessoas que não acreditam em você e que acham que seus sonhos são loucuras, não desanime, não desista, seja determinado e perseverante. Você vai conseguir!" Essa é a mensagem deixada pelo futuro médico para os que desejam correr atrás de seus objetivos, por mais distantes que eles pareçam estar.

O UeceVest e a Universidade Estadual do Ceará (Uece) parabeniza o Rafael, assim como a todos que, com dedicação e perseverança, enfrentam seus medos e resolvem conquistar algo que muito almejam.