Secretarias e Órgãos
Telefones úteis
Redes Sociais

Calendário
Outubro 2018
D 2a 3a 4a 5a 6a S
30 1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31 1 2 3
mod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_counter
mod_vvisit_counterHoje725
mod_vvisit_counterOntem1268
mod_vvisit_counterEsta semana3830
mod_vvisit_counterSemana passada6931
mod_vvisit_counterEste mês16803
mod_vvisit_counterMês passado43914
mod_vvisit_counterTodos os dias427794

We have: 27 guests online
Your IP: 54.80.188.87
 , 
Today: Out 17, 2018
Noticias
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Alunos do curso Técnico em Segurança do Trabalho visitam Enel em Tauá

Notícia publicada em 19 de março de 2018


Gerar e distribuir energia elétrica é um trabalho que exige atenção, inclusive, quanto a segurança de quem o executa. Para um gestor empresarial do ramo, diminuir os riscos corridos por seus trabalhadores é uma preocupação constante.

Pensando nisso, a multinacional Enel pode ser um exemplo para os alunos do curso Técnico em Segurança do Trabalho do MedioTec/Funece. Os estudantes do município de Tauá realizaram visita à subestação da empresa na cidade, como atividade da disciplina "Equipamento de Proteção Individual (EPI), Equipamento de Proteção Coletiva (EPC)  e sinalização de segurança", ministrada pelo professor Leonardo Souza Freitas.



De acordo com o coordenador de área, Teócrito Silva Ramos, a visita teve como principal objetivo "fixar o aprendizado em sala com demonstração e conhecimento dos equipamentos".



O professor Leonardo Freitas conta o que foi feito pelos alunos no local. "Foram realizadas atividades de reconhecimento de equipamentos, caminhada pela subestação para conhecimento e detalhamento do que foi explicado em sala de aula e, posteriormente, esclarecimentos sobre os EPI's e EPC's em auditório com vídeo sobre geração e distribuição de energia elétrica".



Em sala de aula os alunos estudaram também, entre outras, a Norma Regulamentadora nº 10 (NR-10), emitida pelo Ministério do Trabalho e Emprego do Brasil. A norma tem como finalidade a segurança e a saúde dos trabalhadores que lidam com eletricidade, visando também a necessária utilização dos equipamentos de proteção individual e coletiva.

São exemplos de EPI: capacetes, luvas e óculos de segurança, máscaras, protetores faciais e auriculares, e de EPC: extintores de incêndio, grades de proteção, cone e fita de sinalização.


Alunos do curso Técnico em Segurança do Trabalho visitam Enel em Tauá
Gerar e distribuir energia elétrica é um trabalho que exige atenção, inclusive, quanto a segurança de quem o executa. Para um gestor empresarial do ramo, diminuir os riscos corridos por seus trabalhadores é uma preocupação constante.
Pensando nisso, a multinacional Enel pode ser um exemplo para os alunos do curso Técnico em Segurança do Trabalho do MedioTec/Funece. Os estudantes do município de Tauá realizaram visita à subestação da empresa na cidade, como atividade da disciplina “Equipamento de Proteção Individual (EPI), Equipamento de Proteção Coletiva (EPC)  e sinalização de segurança”, ministrada pelo professor Leonardo Souza Freitas.
De acordo com o coordenador de área, Teócrito Silva Ramos, a visita teve como principal objetivo “fixar o aprendizado em sala com demonstração e conhecimento dos equipamentos”.
O professor Leonardo Freitas conta o que foi feito pelos alunos no local. “Foram realizadas atividades de reconhecimento de equipamentos, caminhada pela subestação para conhecimento e detalhamento do que foi explicado em sala de aula e, posteriormente, esclarecimentos sobre os EPI's e EPC’s em auditório com vídeo sobre geração e distribuição de energia elétrica”.
Em sala de aula os alunos estudaram também, entre outras, a Norma Regulamentadora nº 10 (NR-10), emitida pelo Ministério do Trabalho e Emprego do Brasil. A norma tem como finalidade a segurança e a saúde dos trabalhadores que lidam com eletricidade, visando também a necessária utilização dos equipamentos de proteção individual e coletiva.
São exemplos de EPI: capacetes, luvas e óculos de segurança, máscaras, protetores faciais e auriculares, e de EPC: extintores de incêndio, grades de proteção, cone e fita de sinalização.