Secretarias e Órgãos
Telefones úteis
Redes Sociais

Calendário
Dezembro 2020
D 2a 3a 4a 5a 6a S
29 30 1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31 1 2
Noticias
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
O Programa Corredores Digitais, a Incubadora do Nutec e a IncubaUece unem forças!

O Programa Corredores Digitais, a Incubadora do Nutec e a IncubaUece unem forças para fomentar a inovação no Ceará!


Essa iniciativa oferecerá mais vantagens para os empreendedores cearenses crescerem e desenvolverem seus negócios


Boas ações devem ser compartilhadas. E é com essa premissa que o Programa Corredores Digitais, a Incubadora do Nutec e a IncubaUece, vinculadas à Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece), se juntam para criar um ambiente favorável para o desenvolvimento do ecossistema de inovação e empreendedorismo no Ceará, somando o que cada entidade tem de melhor.


O objetivo do projeto é fomentar a cultura empreendedora, proporcionando apoio logístico, gerencial e tecnológico. Será estabelecida uma jornada de capacitação para disseminar o conhecimento empreendedor. Para Martônio Mendes, head de Comunidade do Programa Corredores Digitais, aqueles que não se engajam e não se unem ficam sem voz. “Nesse momento de crise, trabalhar em conjunto é uma forma de mostrarmos para a sociedade que a união pode sim fazer a diferença. Só assim será possível gerar uma mudança definitiva e sustentável no ecossistema de inovação do Ceará”, afirma.


As ações desenvolvidas contarão com um quadro de conselheiros composto de profissionais, empresários, especialistas e representantes do governo. “Cada instituição tem um posicionamento estabelecido dentro do ecossistema de inovação no Ceará, mas, com o projeto, as entidades somarão os esforços, atuando de forma estratégica”, afirma o coordenador de inovação do Nutec, Eduardo Lima. “Esse novo momento vai impactar o Estado como nunca antes”, finaliza. Mariana Antenor, gerente da IncubaUece, afirma que é preciso incentivar conexões como essa para movimentar a cultura empreendedora e reter os talentos cearenses no Estado. “O projeto é uma ferramenta que irá gerar sinergias e novas oportunidades”, assegura.


As ações do projeto terão início no mês de abril e proporcionará apoio conceitual e teórico para pequenas e médias empresas. O conteúdo e o calendário poderão ser acessados através dos sites e redes sociais oficiais de cada instituição. Unidos para impactar o ecossistema de inovação e empreendedorismo no Ceará.