Secretarias e Órgãos
Telefones úteis
Redes Sociais

Calendário
Abril 2020
D 2a 3a 4a 5a 6a S
29 30 31 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 1 2
Noticias
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Projeto de startup incubada na Uece é aprovado em programa nacional de aceleração

O projeto Lumen, da startup CryptumLab, incubada na Incubadora de Empresas e Centro de Desenvolvimento e Inovação da Universidade Estadual do Ceará (IncubaUece), foi selecionado para o Programa Conecta Startup Brasil, que visa apoiar ideias inovadoras de startups e empreendedores em estágio inicial de todo o país.

O Programa recebeu 1.877 inscrições, sendo 26,3% delas oriundas do Nordeste. Foram selecionadas apenas 100 equipes de todo o país, 20 por região. A Lumen foi aprovada em 4º lugar do Nordeste.

De acordo com o sócio-fundador da CryptumLab e professor da Uece, Jerffeson Teixeira de Souza, “a aprovação no Conecta Startup Brasil representa uma conquista imensurável para a CryptumLab, que receberá, além de apoio financeiro e de capacitação, a oportunidade de conexão com as grandes empresas selecionadas na primeira fase do programa, que poderão se tornar clientes ou parceiras do Lumen”.

O Conecta Startup Brasil é promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Softex, e pelo parceiro executor, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Os projetos aprovados poderão receber até R$ 200 mil em aportes e terão a oportunidade de desenvolverem seu negócio por meio de uma ação integrada de capacitação, mentoria com profissionais de mercado, conexão com empresas e networking.

O Lumen, aprovado no Programa, é uma plataforma de agregação de serviços educacionais cujo objetivo principal é aumentar o engajamento de colaboradores. Com ela, o empresário pode adquirir pontos Lumen, implementados sobre Blockchain como uma criptomoeda, e distribuí-los para seus colaboradores, como forma de reconhecimento e valorização, dentro ou fora de um programa de benefícios. Com os pontos, os colaboradores poderão adquirir serviços educacionais oferecidos por parceiros no marketplace.


Fonte: UECE, em 18 de novembro de 2019, às 14:03.