Secretarias e Órgãos
Telefones úteis
Redes Sociais

Calendário
Setembro 2019
D 2a 3a 4a 5a 6a S
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 1 2 3 4 5
Noticias
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Incubauece gradua sua quarta empresa

A Universidade Estadual do Ceará (Uece) realizou, na última terça-feira (16/07), solenidade de graduação da empresa ACP Indústria, Comércio e Exportação de Produtos Naturais, incubada na Incubadora de Empresas e Centro de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação da Uece (IncubaUece). A cerimônia aconteceu no gabinete da Reitoria, Campus Itaperi.

A empresa, que leva o nome fantasia ACP Nutrition, é a quarta a ser graduada pela Incubadora da Uece, passando pelas etapas de capacitação, consultoria e monitoramento com a IncubaUece, que atua no processo de geração, consolidação e crescimento de micro, pequenas e médias empresas no Ceará, promovendo o desenvolvimento regional sustentável.

A ACP é uma empresa inovadora de base tecnológica especializada na fabricação de produtos naturais benéficos à saúde. Foi criada como desdobramento da empresa ACP Biotecnologia, que pesquisa e desenvolve produtos à base de água de coco em pó.

Os produtos naturais desenvolvidos pela ACP Nutrition são suplementos alimentares, veganos, voltados para atletas, pacientes com indicação médica e pessoas que buscam um estilo de vida saudável.

A empresa tem como grande diferencial o desenvolvimento de produtos por meio de parcerias entre a ACP Biotecnologia e a Uece, principalmente com o Programa Profissional de Pós-Graduação em Biotecnologia em Saúde Humana e Animal (PPG-BIOTEC) e com o Programa de Doutorado em Biotecnologia da Rede Nordeste de Biotecnologia (RENORBIO). A parceria gerou frutos como a pomada cicatrizante à base de água de coco em pó, projeto coordenado pelos professores José Ferreira Nunes e Cristiane Mello, ela que integra também a ACP Nutrition.

Para o reitor da Uece, professor Jackson Sampaio, essa graduação é de grande valor não apenas para a Universidade e para a ACP, mas também para o campo da Ciência&Tecnologia e para a população. “Nossa Incubadora está criando algo como porta de saloon, que abre para os lados da entrada e da saída, trazendo algo da sociedade para a Universidade e devolvendo este algo, com valor agregado, para a sociedade. A Incubadora, o Parque Tecnológico e o Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT) integram este portal que permite o diálogo criativo entre Universidade e sociedade”.

O representante da ACP, Edson Bulamaqui, agradeceu à Uece e à Incubadora. “Foi importantíssimo para a empresa chegar aonde chegou e queremos ir ainda mais longe, o que não conseguiríamos e não conseguiremos sem o apoio da Uece, que dá prestígio à nossa marca. Gostaria de agradecer por apostarem em nós. Os produtos já estão registrados e agora vamos para a fase da comercialização”, destacou.

A coordenadora executiva da IncubaUece, professora Mazé Barbosa, deseja que essa parceria tenha continuidade. “Fazemos questão de que a ACP continue conosco, pois acreditamos que existirão bons frutos a serem colhidos por ambos os lados com o crescimento do produto no mercado. A ACP é uma demonstração de que nossas pesquisas saem da universidade para as políticas públicas e para o mercado”, comemora.

A ACP passa, então, pelo processo de se tornar Graduada Associada, o que permitirá a continuação da parceria com a realização de novos projetos.


Fonte: Assessoria de Comunicação da UECE, em 18 de julho de 2019, às 17:32