Acesso Rápido

O que você precisa?

Telefones Úteis

voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
 
Instruções aos Autores
 

 

Revista Ciência Animal (ISSN 0104-3773)

 

1.0. Objetivo e Conteúdo

A Revista Ciência Animal (RCA), da Faculdade de Veterinária da Universidade Estadual do Ceará, tem por finalidade a divulgação de trabalhos científicos de todas as áreas da ciência animal, com publicação, pelo menos, quadrimestral. Os trabalhos poderão ser publicados sob as formas de: artigo original, artigo de revisão, comunicação científica e/ou técnica, relato de caso e resumo simples e expandido de dissertações e/ou teses.

 

O Artigo Original deverá conter entre 11 a 17 páginas (em espaço 1,5) e os seguintes tópicos: título (português e inglês), autor(es) e filiação (com endereço completo com CEP, para o primeiro autor) e E-mail para contato, resumo (texto sem subdivisão, em espaço 1,0, time new roman, corpo 10, com no mínimo 150 e no máximo 250 palavras), palavras-chave (no máximo 5, separadas por vírgula e ponto no final. Primeira letra da primeira palavra em caixa alta), abstract, keywords, introdução, material e métodos (com sub-títulos e o número de aprovação do processo no comitê de ética no uso de animais), resultados e discussão, conclusões, agradecimentos (optativo) e referências, além de tabelas, figuras (fotografias, esquemas, gráficos), que deverão vir logo em seguida a sua chamada no texto. Ele deve ser original, trazer contribuições científicas e tecnológicas relevantes e deve ser apresentado de forma clara e concisa (no máximo 7 autores/artigo). Excepcionalmente, pode ser aceito um oitavo autor, desde que haja uma justificativa por escrito, assinada pelo autor principal e que ainda deverá passar pela avaliação do corpo editorial);

 

O Artigo de Revisãodeve conter entre15 a 20 páginas (em espaço 1,5) e os seguintes tópicos: título (português e inglês), autor(es) e filiação (com endereço completo com CEP, para o primeiro autor) e E-mail para contato, resumo (texto sem subdivisão, em espaço 1,0, time new roman, corpo 10, com no mínimo 150 e no máximo 250 palavras), palavras-chave (no máximo 5, separadas por vírgula e ponto no final. Primeira letra da primeira palavra em caixa alta), abstract, keywords, introdução, desenvolvimento (com sub-títulos), considerações finais e referências. Ele deve ser original, trazer avaliações críticas da literatura da área, com foco contemporâneo e ser apresentado de forma clara e objetiva (no máximo 5 autores);

 

O Relato de Caso deverá conter entre 8 a 15 páginas (em espaço 1,5), contemplando os seguintes tópicos: título (português e inglês), autor(es) e filiação (com endereço completo com CEP, do primeiro autor) e E-mail para contato, resumo(texto sem subdivisão, em espaço 1,0, time new roman, corpo 10, com no mínimo 150 e no máximo 200 palavras), palavras-chave (no máximo 5, separadas por vírgula e ponto no final. Primeira letra da primeira palavra em caixa alta), abstract, keywords, introdução, atendimento ao paciente, resultados e discussão, conclusões e referências(no máximo 9 autores). O trabalho pode versar sobre o atendimento de animais em clínicas ou hospitais, bem como, em visitas a propriedades, ou atendimentos particulares;

 

A Nota técnica e/ou científicadeverá se limitar no máximo a 7 páginas (em espaço 1,5), contemplando os seguintes tópicos: título (português e inglês), autor(es) e filiação (com endereço completo com CEP, para o primeiro autor) e E-mail para contato, resumo (texto sem subdivisão, em espaço 1,0, time new roman, corpo 10, com no máximo 150 palavras), palavras-chave (no máximo 5), abstract,keywords, introdução, metodologia, resultados e discussão,considerações finais e referências (no máximo 15, separadas por vírgula e ponto no final. Primeira letra da primeira palavra em caixa alta); podendo conter no máximo 2 tabelas e/ou figuras. Ela é uma breve comunicação, cuja publicação imediata é justificada, por se tratar de fato inédito de importância, mas com volume insuficiente para constituir um artigo científico completo. A nota técnica ou científica,refere-se a trabalho de comunicação de métodos, validação de métodos, técnicas, aparelhagens ou acessórios desenvolvidos (no máximo 7 autores);

 

A Comunicação Curta(Short Communication)não deve exceder6 páginas (em espaço 1,5). Ela será aceita, desde que apresente avanços importantes e originais. Deve contemplar os seguintes tópicos: título (português e inglês), autor(es) e filiação (com endereço completocom CEP, do primeiro autor) e E-mail para contato, resumo(texto sem subdivisão, em espaço 1,0, time new roman, corpo 10, com no máximo 150 palavras), palavras-chave (no máximo 5, separadas por vírgula e ponto no final. Primeira letra da primeira palavra em caixa alta), abstract, keywords, introdução, texto com sub-títulos, agradecimentos (opcional) e referências (no máximo 10), podendo incluir no máximouma figura ou tabela. O trabalho pode ser de natureza preliminar, mas deve sempre ser completo.Normalmente, uma comunicação curta precisa versar sobre um recurso muito recente, apresentado como um relatório conciso, que represente uma contribuição significativa para a comunidade científica. Ela não pretende publicar resultados preliminares;somente se esses forem de interesse excepcional e forem particularmente atuais e relevantes, poderão ser considerados para publicação(no máximo 7 autores);

 

As Dissertações e Teses deverão ser escritas de forma sucinta, no máximo em seis páginas, a dissertação, e 10 páginas a tese(em espaço 1,15),e conter a mesma sequência de ítens da versão original e completa do trabalho.Só poderão apresentar o abstract (em espaço 1,0, time new roman, corpo 10), key words (no máximo 5, separadas por vírgula e ponto no final. Primeira letra da primeira palavra em caixa alta). Poderão ser publicados como trabalhos resumidos(apenas 1 autor será aceito);

 

Obs Importante:Os trabalhos submetidos em língua estrangeira (inglês, francês ou espanhol), serão recebidos e encaminhados para os trâmites normais de avaliações e possível publicação. Em caso de ser aceito e posteriormente todas as correções solicitadas pelos revisores serem executadas, a versão final do trabalho para publicação será encaminhada de volta para o autor, a fim de que seja feita uma revisão da língua estrangeira por pessoa qualificada, estrangeiro nato ou alguma empresa que preste esse tipo de serviço. Após as correções finais da língua estrangeira, o autor deve enviar de volta o trabalho corrigido, juntamente com um documento assinado que comprove a correção. A entrega desse documento de correção da língua estrangeira é obrigatório e pode ser encaminhado através de arquivo pdf juntamente com o trabalho corrigido. Todos os tipos de publicações submetidas à apreciação da RCA, serão enviadas para revisão por pares;

 

 

2.0. Critérios para submissão e aceitação de artigo

Como parte do processo, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação às instruções aos autores da revista. As submissões que não estiverem de acordo com as normas da RCA poderão ser devolvidas aos autores para as devidas adequações. A contribuiçãodeveser original e inédita e nãoestarsendoavaliada para publicação por outraRevista, nacionalouinternacional. Os artigos poderão ser escritos em português, inglês, francês ou espanhol. A primeira opção necessitará de tradução para a língua inglesa do seu resumo (abstract), conforme observado acima. Nas outras opções, deverá ser feito também um resumo em língua portuguesa, além do abstract, résumé ou resumen, dependendo da língua em que o trabalho foi apresentado.Os conceitos e opiniões no artigo são de exclusiva responsabilidade do(s) autor(es) e não refletem, necessariamente, a opinião do Corpo Editorial da Revista. Ao ser submetido para publicação, o manuscrito deverá ser preparado com editor de texto compatível com Word (arquivos.doc), enquanto osgráficos deverão ser elaborados em arquivos compatíveis com Excel (terminação .xls) e juntamente com as ilustrações serem incluídos no corpo do trabalho como arquivos de imagem tipo jpg, jpeg, pgn, ou similares. O resumo deve conterintrodução e objetivo, material, material e métodos,principais resultados e a(s) conclusão(ões) do trabalho.

 

2.1. Documentos à serem apresentados juntamente com o trabalho submetido

Os manuscritos deverão ser acompanhados por Carta de apresentação (cover letter), na qual é apresentado em linhas gerais o trabalho, devendo conter onome, endereço, telefone e E-mail do autor responsável pela correspondência (correspondingauthor); bem como E-mails dos co-autores, juntamente com as respectivas assinaturas; pois a submissão de um artigo implicará, necessariamente, na sua aprovação por todos os autores.

Deverá também ser apresentada uma Declaração de Direitos Autorais, conforme exemplo abaixo, assinada e datada pelo autor principal do trabalho:

 

Declaração de Direitos Autorais

Ela deverá ser apresentada juntamente com a submissão do trabalho, e apresentar o seguinte modelo:

“Pelo presente instrumento, na qualidade de titular dos direitos de autor(a) do manuscrito submetido à Revista Ciência Animal (RCA), cedo permanentemente à Universidade Estadual do Ceará (UECE / RCA), os direitos relativos à edição, publicação e distribuição desse trabalho, bem como sua veiculação em mídia impressa e eletrônica, tanto no Brasil como no exterior, da íntegra ou de partes da obra.

Declaro expressamente que o manuscrito é original, que os autores aprovam a versão final apresentada, bem como as opiniões emitidas no trabalho são de minha exclusiva responsabilidade e a publicação do artigo não viola direitos de terceiros.

Autorizo a revisão gramatical e ortográfica do texto, desde que não acarrete alteração do conteúdo e das opiniões ali contidas.

Por fim, declaro que a elaboração do mencionado artigo tem caráter pro bonopublicoe, portanto, renuncio ao recebimento de qualquer remuneração pertinente aos direitos patrimoniais ora cedidos.”

 

 

A apresentação da cover letter e da declaração de direitos autorais (em arquivo pdf), é de cunho obrigatório, sem as quais o manuscrito não poderá seguir os trâmites normais da RCA, visando sua avaliação e possível aceite para publicação. Essas duas informações deverão ser enviadas juntamente com o manuscrito submetido, através do E-mail da RCA ( Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo. ), que está protegido contra SpamBots. É necessário se ter o JavaScript habilitado para vê-lo.

 

 

3.0. Preparo do texto

O texto deve ser redigidocorridamente em tamanho A4, na fonte Times New Roman, corpo 12, com 1,5 de espaçamento (obs.:resumo em 1,0 e referências em 1,15), com afastamento de parágrafo de 1,5cm. Os subtítulos de todo o trabalho, não devem ser numerados, serem escritos em caixa alta, negrito e estarem centralizados. Sub-divisões dos sub-títulos, devem ser escritas ao lado esquerdo da folha, em negrito, caixa baixa e com a primeira letra maiúscula. O trabalho deve ser delimitado pelas seguintes margens: acima 2,5cm; abaixo 2,5cm; à direita 2,5cm e à esquerda 2,5cm.As linhas devem ser numeradas, desde a primeira página, de forma contínua.Não deve ter, em nenhuma parte do trabalho, uma quebra de páginas. O artigo deve ser organizado da seguinte forma:

 

3.1.Páginainicial (de rosto)

Deverá conter o título (claro, descritivo e curto), redigido caixa alta, negrito e em língua portuguesa culta e acompanhado de tradução em inglês, logo abaixo entre parênteses e escrito em itálico, caixa baixa com primeira letra maiúscula. O(s) nome(s) do(s) autor(es) deverá(ão) ser expresso(s) por extenso, sem abreviaturas,sendo o último sobrenome em caixa alta,seguido de numeração arábica sobrescrita, para identificar a procedência institucional e asterisco para identificar o autor ao qual a correspondência deva ser enviada. Em seguida a(s) instituição(ões) numeradas conforme o(s) autor(es) com o endereço completo com CEP do autor principal e por fim, *E-mail, do autor para correspondência. Esses itens da página inicial deverão estar centralizados. A página de rosto, ainda deverá apresentar o resumo/abstract, no formato abaixo descrito.

 

3.2. Resumo/Abstract

Trata-se de uma narrativa do assunto, relatado com uma curta introdução, seus principais métodos, resultados e conclusões. Limitado a um só parágrafo, sem afastamento,e colocados logo após a identificação institucional dos autores. Todo artigo deverá conter um resumo em línguas portuguesa e inglesa, na fonte Times New Roman, corpo 10 e espaço 1,0.

 

3.3.Palavras-chave/Keywords

Dispor em número mínimo de três e máximo decinco, com suas respectivas versões em inglês. Apenas a primeira deverá começar por letra maiúscula (exceto nomes próprios), devendo estar separadas por vírgula e terminando por um ponto.

 

3.4.Introdução

A introdução deverá, sobretudo, informar e justificar ao leitor, a razão de realização do estudo. Será conveniente dividir a introdução em três partes interligadas: uma descrição do problema, uma revisão do que outros autores têm feito para resolver o problema e qual a contribuição do trabalho submetido para a comunidade científica. A última frase da introdução deverá apresentar o principal objetivo do trabalho.

 

3.5.MaterialeMétodos

Informação suficientemente detalhada deverá ser fornecida, para que o leitor possa repetir o trabalho, caso lhe interesse. Caso uma técnica tenha sido descrita em detalhes em outras publicações, bastará citar a referência adequada. Modificações substanciais ao método deverão ser claramente descritas. O número de experimentos, repetições e qualquer análise estatística usada deverão ser relatados. Em caso de abreviaturas, os autores deverão escrever por extenso, e entre parênteses, a abreviação da primeira citação, durante o artigo.Deverão ser escritos subtítulos, para facilitar a compreensão e sequência dos fatos, posicionados à esquerda do texto, em caixa baixa (apenas primeira letra maiúscula) e negrito.

Em conformidade com a Lei Arouca*, uma nova exigência será requerida para inclusão nos manuscritos submetidos à Revista Ciência Animal: no primeiro parágrafo da metodologia, deverá haver menção específica ao número de registro/processo de aprovação da pesquisa pelo respectivo Comitê de Ética no Uso de Animais (CEUA) da(s) instituição(ões) envolvida(s), destacando quantos animais e quais procedimentos específicos foram aprovados. Essa exigência é válida para artigos científicos originais com metodologia.

Obs:*Lei Arouca, nº 11.794, de 8 de outubro de 2008, que disciplina a criação e utilização de animais em atividades de ensino e pesquisa científica em todo o território nacional, por meio do Decreto nº 6.899, publicado no Diário Oficial da União do dia 15 de julho de 2009.

 

3.6.Resultados e Discussão

Deverão ser apresentados em conjunto, obedecendo a uma ordem lógica, conforme metodologia apresentada. Caso haja necessidade, poderão ser aceitos subtítulos, posicionados à esquerda do texto, em caixa baixa (apenas primeira letra maiúscula) e negrito, tendo a mesma sequência apresentada na metodologia. Os dados das tabelas e figuras não deverão ser repetidos integralmente no texto. A discussão deverá explicar os resultados encontrados, em confronto com os já relatados por outros artigos. Os autores devem ater-se a discutir seus próprios resultados. É obrigatório que os resultados e discussão venham juntos no mesmo ítem.As tabelas ou figuras deverão ser colocadas logo após a primeira chamada das mesmas no texto.

 

3.7.Conclusões/Considerações Finais (em caso de Artigos de Revisão)

Devem ser objetivas, concisas e restritas aos resultados obtidos. A conclusão não deve ser uma repetição dos resultados e deverá ser escrita em parágrafo único ou no máximo dois parágrafos, sem tópicos. As conclusões normalmente são fatos ou consequências derivadas dos resultados do trabalho.

 

3.8.Agradecimentos

Sempre que necessário, os autores poderão tecer agradecimentos às pessoas e/ou instituições que tenham ajudado direta ou indiretamente na realização do trabalho; assim como poderão fazer referência(s) ao(s) financiamento(s) e/ou suporte(s) recebido(s) para sua execução; inclusive, com menção às agências de fomento, editais e respectivos números de processos identificadores.

 

3.9. Conflitos de interesse

Sempre que necessário, os autores deverão declarar a existência de quaisquer conflitos de interesse que, porventura, tenham alguma influência sobre os métodos e/ou resultados publicados. Os conflitos podem ser de natureza ética, econômico-financeira, científica, pessoal, institucional, político-partidária, religiosa, dentre outras possíveis. A não declaração de possível conflito de interesse pelo(s) autor(es), fica entendido que o mesmo não existe.

 

3.10.Referências

São exigidas referências de trabalhospublicados. Trabalhos em preparação não deverão ser incluídos, podendo serem citados como comunicação pessoal. Citação de trabalhos de graduação (TCC, monografias, seminários, etc), não são aceitas. Como cada revista adota um formato próprio para citação bibliográfica, é essencial que os autores apresentem no formato adotado pela Revista Ciência Animal.

A CITAÇÃO NO TEXTOserá feita, segundo as circunstâncias; por exemplo:

a) autoria única: Silva (1971) ou (SILVA, 1971);

b) dois autores: Figueiredo e Silva (1966) ou (FIGUEIREDO e SILVA,1966);

c) mais de dois autores: Oliveira et al. (1982) ou (OLIVEIRAet al.,1982);

d) mais de um autor citado sobre o mesmo assunto deverá obedecer a uma ordem cronológica: (SMITH, 1967; ROBSON, 1971; FERGUSENet al., 1988);

e) o mesmo autor citado sobre o mesmo assunto deverá obedecer a seguinte ordem de apresentação: (WEITZE, 1997; WEITZE e RATH, 1989; WEITZ et al., 1990)

f) diferentes artigos, de um mesmo autor, publicados no mesmo ano, devem ser diferenciados com letras minúsculas depois da data: Figueiredo (1986a,b,c) ou (FIGUEIREDO, 1986a,b,c).

As REFERÊNCIAS devem apresentar, obrigatoriamente, todos os autores citados no corpo do trabalho. Em todos os tipos de referências, devem ser colocados todos os autores e devem ser ordenadas de forma alfabética e cronológica, como exemplificado abaixo:

a) Artigo original:AUDE, M.I.S.; RIZZARDI, M.A.; MILGIORANÇA, M.E. (todos os autores) Época de plantio e seusefeitos na produtividade e teor de sólidos solúveis no caldo de cana-de-açúcar. Ciência Rural, v.22, n.2, p.131-137, 1992.

b) Trabalhos em eventos científicos:RIZZARDI, M.A.; MILGIORANÇA, M.E. Avaliação de cultivares do ensaio nacional de girassol, Passo Fundo, RS, 1991/92. In: Jornada de Pesquisa da Universidade Federal de Santa Maria, 1, 1992, Anais... Santa Maria: Pró-reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, v.1, p.236, 1992.

c) Citação de livro: JENNINGS, P.B. (todos os autores) The practiceoflarge animal surgery: reflexiones 25 añosdespués. 2ª ed., Philadelphia: Saunders, 1985. 414p.

d) Capítulo de livro com autoria: GORBAMAN, A.A. Comparativepathologyofthyroid. In: HAZARD, J.B.; SMITH, D.E. The thyroid. Baltimore: 3ª ed., Williams e Wilkins, cap.1, p.32-48, 1964.

e) Capítulo de livro sem autoria: TURNER, A.S.; McILWRAITH, C.W. Fluidoterapia. In: ______. Técnicas cirúrgicas em animais de grande porte. 1ª ed., São Paulo: Roca, cap.1, p.29-40, 1985.

f) Tese, dissertação ou Monografia de Especialização:COSTA, J.M.B. Estudo comparativo de algumas características digestivas entre bovinos (Charolês) e bubalinos (Jafarabadi). 1986. 132p. (Monografia/Dissertação/Tese de Especialização/Mestrado/Doutorado em Medicina Veterinária). Programa de Pós-graduação em Zootecnia, Universidade Federal de Santa Maria, 1986.

Obs.: Nenhum tipo de trabalho de graduação (TCC, monografia, seminários, revisões, etc), não serão aceitos nas referências do trabalho. Em relação a citação de livros, teses, dissertações, monografias e trabalhos de enventos (congresso, seminários, semanas científicas, etc), o total de todas essas citações nas referências, não pode ultrapassar 10% do total de trabalhos citados nas referências.

g) Boletim:ROGIK, F.A. Indústria da lactose. São Paulo: Departamento de Produção Animal, 1942. 20p. (Boletim Técnico, 20).

h) Documentos eletrônicos:LeBLANC, K.A. New development in hernia surgery, 1999. Disponível em:http://www.medscape.com/Medscape/surgery/TreatmentUpdate/1999/tu01/ public/tu01.html.Acesso em 22 março de 2000.

OIE. World Organization for Animal Health. Fowl Typhoid and Pullorum diseases. World Animal Health Information Database (WAHID), 1999. Available from: Accessed: jan, 05, 2020.

 

 

3.11.Tabelas e Figuras

O termo “tabela” refere-se ao conjunto de dados numéricos ou alfanuméricos, ordenados em linhas e coluna (ex: Tab.01) sendo referida no texto como Tab. 01, mesmo quando se refere a várias tabelas (Tabs. 01, 02, 03). Devem vir incorporadas ao texto do trabalho, logo após sua chamada no manuscrito eem preto e branco sem qualquer motivo.A legenda deve ser colocada antes (acima) da tabela, ser escrita por extenso, seguida de numeração arábica com dois dígitos e em seguida terminada por dois pontos (até aqui escrito em negrito– ex:Tabela 01:), após os quais virá a legenda escrita de forma clara e objetiva, devendo ocupar no máximo duas linhas, em caixa baixa sendo apenas a primeira letra da primeira palavra em maiúsculo, salvo nomes próprios. Qualquer observação que seja necessária, deverá ser colocada abaixo da tabela e escrito na fonte Times New Roman, corpo 10 e deverá ter no máximo 3 (três) linhas.

O termo “figura” refere-se a qualquer ilustração que apresente linhas e pontos: desenho, fotografia, gráfico, fluxograma, esquema etc. A legenda deve ser colocada logo abaixo da figura e receberá, inicialmente, a palavra Figura, seguida do número de ordem com dois algarismos em arábico (ex: Figura 01:) e terminada por dois pontos (até aqui escrito em negrito), após os quais virá a legenda escrita de forma clara e objetiva, devendo ocupar no máximo duas linhas. Será referida no texto como Fig. 01 ou (Fig. 01), mesmo quando se referir a mais de uma figura (Figs: 01, 02, 03). As preparações microscópicas deverão vir acompanhadas de escala em barra, com unidade apropriada. Deverão vir incorporadas ao texto do trabalho, logo após sua chamada no manuscrito, em preto e branco ou coloridas. Qualquer observação que seja necessária, deverá ser colocada abaixo da tabela e escrito na fonte Times New Roman, corpo 10 e deverá ter no máximo 3 (três) linhas.

 

 

4.Processodeseleção

Os artigos passarão por processo de seleção inicial pelo Corpo Editorial, o qual verificará a observância às normas de publicação. A partir de então, os trabalhos selecionados, sem identificação dos autores e procedência, serão revisados por dois membros do Corpo de Consultores Científicos (revisores ad-hoc). Após esta etapa de avaliação, o artigo poderá:

- ser aprovado na íntegra;

- ser aprovado com correções menores;

- ser aprovado com correções maiores;

- ser recusado (caso seja esta a decisão do Corpo Editorial, o autor único ou principal receberá uma correspondência em seu endereço eletrônico, explicando a opção tomada).

 

5. Estilo e Ortografia

5.1. Estilo de Redação

Os trabalhos deverão ser escritos de forma impessoal, evitando a declinação do verbo na primeira pessoa do singular e do plural. Os textos deverão primar pela fluidez, permitindo uma leitura ágil e de fácil percepção. Para tanto, sugere-se que os autores se atenham aos seguintes princípios: grafia direta (Ex: “Observou-se que as patologias incidentes no acrossomaforam pouco lesivas às células examinadas”), ao invés deindireta (Ex: “Células examinadas permitiram observar-se patologias acrossomiais pouco lesivas”), objetivo (as informações não deverão dar margem a interpretações múltiplas. Ex: “A médiadas observações foi satisfatória...”) e conciso (utilize-se o mínimo de palavras para sintetizar os textos).

5.2. Ortografia

Caso a opção do(s) autor(es) seja pela língua portuguesa, deverão fazê-la em estrita observância às normas vigentes. Para tanto, deverão submeter seus textos a uma revisão ortográfica, respeitando concordâncias, tempos verbais, acentuação e pontuação.

5.3. Dimensões dos parágrafos

Fica aqui sugerido ao(s) autor(es), que privilegiem parágrafos contidos entre 5 a 10 linhas. Textos excessivamente extensos tornam o texto cansativo ao leitor, prejudicando sobremaneira a compreensão dos mesmos.

 

5.4. Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.

 

Corpo Editorial

Revista Ciência Animal

 

   

 

 

Serviços

Agenda - Maio 2022

Do Se Te Qu Qu Se Sa
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31 1 2 3 4

UECE - CIÊNCIA ANIMAL - Av. Dr. Silas Munguba, 1700 - Campus do Itaperi, Fortaleza/Ce

Fone: (85) 3101.9860

© 2009 - Governo do Estado do Ceará. Todos os Direitos Reservados